Comprometimento no Trabalho: Descubra O Que É e Sua Importância!


O Comprometimento no Trabalho é peça fundamental para o bom desenvolvimento da organização.

Os colaboradores da organização constituem peça fundamental para o desenvolvimento e alcance do sucesso, pois no fundo são eles que garantem a implementação das estratégias desenhadas para a empresa.

Portanto, garantir com que estes tenham comprometimento no trabalho, constitui uma mais valia para a empresa e pala eles mesmos!

São ações como a promoção do comprometimento no trabalho que diminuem os erros operacionais no cotidiano da empresa e aumentam a qualidade de atendimento ao cliente.

Por isso, deve ser prioridade de qualquer organização buscar cultivar o comprometimento nos seus funcionários.

“Entenda melhor o que é o comprometimento no trabalho e como aplicá-lo na sua empresa para melhorar a performance da mesma, já nos próximos tópicos”

Comprometimento no Trabalho

O que é comprometimento no trabalho

Comprometimento é o ato de realizar o que se propôs a fazer.

Trata-se da congruência entre atitudes, comportamentos e palavras. O indivíduo comprometido se esforça para sempre honrar seus compromissos.

A responsabilidade é inseparável do comprometimento e, portanto, uma pessoa que se mostra irresponsável dificilmente será comprometida com seus afazeres.

E infelizmente poucas são as pessoas realmente comprometidas com seu trabalho. Muitas querem ter uma promoção, um salário maior, benefícios, mas nem todas atuam da forma que deveriam ou ao menos executam suas tarefas.

Quando aceitamos um emprego, estamos concordando com aquilo que estão nos propondo, ou seja, aquele salário, atividade e responsabilidade.

Portanto, depois de aceitas estas condições, devemos embarcar nesta oportunidade da melhor forma possível.

Não falo aqui em aceitar qualquer atividade ou condição, mas de entender que ao fechar contrato com uma empresa, teremos de agora em diante que nos comprometer com o trabalho que aceitamos.

Com isto, quero dizer que não só devemos estar envolvidos com a atividade a ser executada, ou interessados naquele trabalho. Muito mais do que sentimentos, devemos apresentar ações, atitudes, comportamentos que demonstrem este comprometimento no trabalho.

Dar o nosso melhor, executar nossas atividades com excelência, dando o máximo que podemos para que o objetivo ou resultado da empresa seja alcançado.

Algumas frases são muito comuns em entrevistas de emprego e se você já não falou, pelo menos ouviu alguém falar. Como: “Quero contribuir para o crescimento da empresa e crescer junto com ela”.

Na prática, a maioria das pessoas que fala este tipo de coisa em uma entrevista, não contribui para o crescimento da empresa e nem cresce. Por quê?

A verdade é que apenas uma minoria está disposta a perder o sono, alguns minutos do almoço, o final de semana ou uma data comemorativa para que seu trabalho seja executado da melhor forma possível.

São estes os poucos que conseguem chegar a cargos de chefia, não só pelos sacrifícios que fazem pelo trabalho, mas também pelo trabalho que fazem.

Geralmente, são os que fazem seu trabalho da forma que deveria ser feita (ou mesmo além do que lhe pediram, melhor), no tempo que lhe foi estipulado, sugerem novas alternativas, se preocupam com o andamento do trabalho de toda a equipe e acabam assim se destacando dos demais.

Comprometimento no Trabalho em Equipe

A medida que as organizações se envolvem mais com o movimento da qualidade, descobrem as vantagens de ter pessoas de todos os níveis trabalhando juntas em equipes.

Os gerentes, geralmente em grupos, aprenderão e planejarão qualidade. Identificarão muitos processos ou problemas necessitados de melhoria e formarão equipes de projeto encarregados de encontrar soluções.

Mas raramente uma única pessoa possui conhecimento ou experiência suficientes para compreender tudo o que está envolvido em um processo.

Portanto importantes aumentos de produtividade e qualidade resultam, geralmente, de equipes – um grupo de pessoas que reúne suas habilidades, talentos e conhecimento, e que está comprometido com as suas funções.

Com o treinamento adequado, as equipes comprometidas com o trabalho podem geralmente atacar problemas complexos e crônicos, descobrindo soluções eficazes e permanentes.

As equipes têm outra clara vantagem sobre os esforços isolados: o apoio mútuo que surge entre seus membros.

O sinergismo que veem de pessoas trabalhando juntas de maneira produtiva em um projeto importante é em geral suficiente para manter o entusiasmo e apoio, mesmo em tempos difíceis.

Quando o espírito de equipe invade uma organização, todos os empregados começam a trabalhar juntos visando à qualidade – sem barreiras, sem facções, “todos em uma única equipe”, movendo-se juntos na mesma direção.

O tratamento das necessidades internas do grupo, consequência dessas pressões, é tão importante quanto à tarefa externa do grupo de fazer melhorias.

Quando uma equipe funciona harmoniosamente, os membros podem concentrar-se em sua meta principal de melhorar um processo.

A participação dos funcionários é crucial, inclusive nas decisões, estabelecimento de metas e acompanhamento do desempenho.

Assim, cada membro da equipe assume um grau de responsabilidade pela performance da empresa.

A promoção da participação das pessoas destaca-se como um elemento fundamental para a obtenção da sinergia entre equipes.

Pessoas com habilidades e competências distintas formam equipes de alto desempenho quando lhes é dada autonomia para alcançar objetivos bem definidos.

Os líderes devem buscar o comprometimento de todos no processo rumo à excelência do desempenho. Este sistema promove a lealdade e o trabalho em equipe baseada nos valores e na busca do atendimento dos propósitos comum.

Encoraja e apoia a iniciativa, a criatividade e o gerenciamento dos riscos.

Oportunidades para inovação e compartilhamento de conhecimentos e habilidades podem ser criadas através do uso de equipes de trabalho e equipes de solução de problemas, temporárias ou permanentes, departamentais ou multidepartamentais, auto gerenciadas ou não.

A qualidade é, em essência, o resultado do trabalho humano, trabalho este, individual e de equipe.

É fundamental para a qualidade uma boa gestão de liderança de pessoas na mobilização destas, no conhecimento, nas habilidades e atitudes de todos da organização.

Por isso, as empresas devem buscar cada vez mais estimular a formação de equipes internas de trabalho para poder amentar o desempenho das mesmas. E para melhorar o desempenho destas é necessário:

  1. Dizer claramente o que se espera da equipe;
  2. Enaltecer o valor do trabalho em equipe;
  3. Estabelecer confiança na equipe, estimulando-a, orientando-a para a execução de um trabalho factível;
  4. Dar feedback;
  5. Dar recompensas e reconhecimento pelo bom desempenho, pois para ser competitiva, a empresa deve cultivar uma equipe de elevada habilidade, ou seja, promover o crescimento do ser humano. Para tanto, é importante cultivar a adesão das pessoas e conscientizá-las de que o gerente não é melhor que os trabalhadores como ser humano – ele apenas tem um papel diferente.

O responsável pela vida da equipe é o líder e, a essência do trabalho deste é fornecer suporte ao trabalho de sua equipe e cobertura aos seus pontos fracos.

E para fornecer este suporte, é preciso treinamento em grupo, treinamento no trabalho, autodesenvolvimento e mútuo-desenvolvimento.

E para democratizar a forma de gerenciamento das empresas é necessário criar equipes de trabalho capazes de se desenvolver sozinhas e aprender continuamente e dar-lhes acesso às informações da empresa.

Um exemplo da utilização desta forma de trabalho foi realizado numa unidade de refinamento de petróleo da Shell no Canadá.

Os trabalhadores, no caso, discutem continuamente o que significa para o funcionário ser considerado responsável e confiável e o que representa uma organização de trabalho que encoraja a iniciativa e o desenvolvimento das habilidades até a realização de seu potencial máximo.

O sistema dá voz ativa aos funcionários em todas as questões, com exceção daquelas referentes a decisões empresariais estratégicas. Problemas menores tendem a ser resolvidos informalmente dentro da própria equipe.

Mas, caso não sejam solucionados, são levados ao Team Norm Review Board (Conselho de Análise das Normas para Equipes), composto por representantes de cada uma das seis equipes e da força-tarefa de manutenção, além do vice-presidente do sindicato e três representantes da gerência.

Esse comitê reúne-se para tomar conhecimento do problema e tentar resolvê-lo de forma consensual. Raramente as queixas menores requerem uma decisão da gerência da unidade.

Na construção de equipes comprometidas com o trabalho, primeiramente deve-se procurar membros que participarão ativamente.

É necessário então que ocorra um processo de mudança e, apesar de existirem vários tipos de equipes, todas requerem comunicação, redução de conflito e aumento da coesão e do comprometimento entre os membros do grupo.

Comprometimento no Trabalho

Problemas da falta de Comprometimento no Trabalho

  • A falta de comprometimento no trabalho pode contaminar o ambiente!

Quando um profissional não está comprometido com o objetivo da empresa, ele pode contaminar o resto do ambiente.

Por isso, o líder deve procurar entender e conhecer a sua equipe de trabalho, estabelecer metas e desafios e auxiliar as pessoas na execução de suas tarefas.

O sucesso de uma Organização está ligado ao comprometimento no trabalho em equipe de todos os profissionais.

  • A falta de comprometimento no trabalho gera desgaste de energia, tempo e falta de interesse.

Quando os profissionais não estão comprometidos com a empresa ou com o sucesso da equipe, por exemplo, os resultados tendem a ser negativos. Além disso, também consome mais recursos do que o necessário para a Organização.

Portanto, o ideal é que o profissional estabeleça prioridades no trabalho, seja proativo e comprometido com a sua equipe para alcançar o sucesso.

Ou seja, não aguarde até a sexta-feira para organizar a sua mesa ou terminar o relatório, inicie o quanto antes e dê o melhor de si durante o desempenho das suas atividades.

Importância do Comprometimento no Trabalho

As empresas de hoje estão preocupadas em melhorar a produtividade e baixar o custo.

Investem em diversos sistemas para obterem resultados rapidamente, mas em contrapartida elas precisam de comprometimento por parte do colaborador.

Muitas organizações estão preocupadas com a satisfação dos colaboradores e esquecem de verificar o comprometimento de seus colaboradores.

Frequentemente buscam avaliá-lo através de empresas especializadas para poderem entender esse cenário e onde melhorar para que alcancem os resultados almejados.

A satisfação no trabalho tem seus aspectos positivos. Pode contribuir para o bem social das relações, criatividade e diminui o turnover dentro das empresas.

“Se a satisfação no trabalho só tem efeito positivo quando o funcionário é comprometido, então como saber ou como fazer para que ele seja comprometido?”

Não basta só exigir para haver comprometimento no trabalho. Uma empresa precisa estar muito bem organizada, tendo todos os papeis bem definidos. O líder da equipe tem que estar muito bem preparado para que sua equipe possa atingir vários níveis de comprometimento.

O cotidiano demostra que equipes são cópias de seus líderes, desde o tratamento até a execução das funções.

Quando um líder tem comprometimento com a empresa e a equipe, até o índice de faltas cai consideravelmente e a qualidade sobe de forma assustadora, melhorando os custos e produtividade.

Claro que todos vão dizer que é o salário que os move, mas isso é um engano.

O dinheiro é uma consequência. O que o colaborador quer é ser valorizado, e na maior parte das vezes isso significa que ele quer apenas ser ouvido. Portanto, o líder tem que estar muito atento às necessidades de seus colaboradores.

Agora com interesse em metas e desafios, o comprometimento com o trabalho nos ajuda a ter sucesso e alcançar as metas desafiadoras. Compromisso também vai ser uma força motriz para alcançar os objetivos mesmo passando por adversidades.

Os empregadores vão se beneficiar mais contribuindo para o bem-estar dos empregados, em vez de manter os colaboradores somente satisfeitos. Comprometimento com o trabalho contribui para o bem-estar e melhor desempenho.

Em um estudo da Universidade de Tromsø, realizaram um levantamento entre 120 colaboradores.

Os participantes foram discutir cinco episódios de um dia normal de trabalho. Para cada um dos episódios, os participantes tiveram que responder questões ligadas ao bem-estar.

Os participantes do estudo tiveram comprometimento, interesse e desafios mais frequentes do que satisfação quando eles trabalharam com suas tarefas principais.

E a combinação de comprometimento, interesses e desafios é o que faz o colaborador se sentir bem no trabalho. O estudo não mostra que a satisfação é parte da promoção do trabalho e sim compromisso, interesse e desafios.

“O compromisso no trabalho é mais relevante do que a satisfação.”

Exemplos de Comprometimento no Trabalho

#1 Comprometimento afetivo

São colaboradores que mantém um vínculo sentimental e emocional com a empresa em que atuam. Estes profissionais sentem-se valorizados e têm orgulho em estar na organização, se colocando sempre à disposição para contribuir em prol da empresa.

Nesta forma de comprometimento, os objetivos do funcionário estão aliados com os da empresa.

#2 Comprometimento instrumental

São colaboradores que dão importância ao salário e aos benefícios recebidos, ou que entendem que os custos de um desligamento seriam maiores do que se permanecer nela.

Para eles, a questão financeira é um motivador que os mantêm ativos dentro do ambiente corporativo.

Esta forma de comprometimento organizacional está relacionado a colaboradores com pouca qualificação profissional, e que precisam permanecer na empresa não porque querem, mas por necessidade.

#3 Comprometimento normativo

São colaboradores que permanecem em determinada empresa porque se sentem obrigados a estar dentro dela, seja por causa de um “débito” com a organização ou para retribuir um favor por algum benefício recebido.

#4 Comprometimento sociológico

Trata-se de uma relação de chefia e subordinação em que os colaboradores, normalmente com pouca qualificação e conhecimentos sobre de seus direitos trabalhistas, aceitam a dominação imposta pela empresa como algo normal ou natural.

Normalmente, se mantêm na empresa muito mais pela garantia de um salário fixo do que por gostar de estar ali.

#5 Comprometimento afiliativo

Esta forma de comprometimento é estabelecido pela sensação de identificação e pertencimento do colaborador com a empresa.

O profissional vê a relação de seus objetivos profissionais alinhados com os da organização, sem interferência de suas ambições ou projeções pessoais. Sua ligação é extremamente relacionada a fatores profissionais e ao seu crescimento na mesma.

Comprometimento no Trabalho

Benefícios de uma Equipe Comprometida no Trabalho

Um amontoado de pessoas não é uma equipe. Para ter essa característica, é preciso que todos do grupo tenham a mesma prioridade e objetivo: alcançar as metas propostas, ou seja, estejam comprometidos com a causa da empresa.

“Em um grupo ideal, os membros dão apoio uns aos outros, colaboram livremente e se comunicam com clareza e de forma aberta entre eles”.

Para as empresas, o trabalho de uma equipe comprometida no trabalho traz benefícios tanto para os próprios membros quanto para a instituição, já que, nessa forma de batente, a competição individual é minimizada e o que começa a contar pontos são a cooperação e a colaboração entre as pessoas.

Quando falta certo conhecimento ou competência para algum membro da equipe, outra pessoa está pronta para supri-lo e até ensiná-lo.

Dessa forma, ambos os trabalhadores saem ganhando, assim como a empresa, que passa a obter colaboradores mais capacitados e com sabedoria para trabalhar em grupos.

As equipes têm mais fontes de informação. Cada indivíduo, com a sua formação individual e experiência, colabora para um acúmulo de conhecimento para a equipe que irá facilitar na resolução de atividades e tomadas de decisões.

Além disso, equipes costumam ser mais criativas, já que cada membro tem seu ponto de vista sobre determinado problema, – e essa diferença soma forças para novas soluções para o mesmo problema.

No âmbito pessoal, a interação com outras pessoas faz com que o indivíduo reavalie seu ponto de vista sobre diversos assuntos, levando-o a questionar-se e mesmo modificar seu estilo de comunicação, dessa forma, as pessoas aprendem mais sobre os outros – e até sobre si mesmos.

Como Melhorar o Comprometimento dos Colaboradores

Como vimos nos tópicos anteriores, o comprometimento pode ser individual ou em grupo, por isso, aqui você vai aprender como melhor o comprometimento dos colaboradores tanto individualmente bem como em grupo.

Melhorando comprometimento individual:

  • # Metas claras e desafiadoras

Seu funcionário precisa saber dos objetivos da empresa e ter estímulos individuais para serem mais produtivos e colaborativos.

Crie metas factíveis. Se você criar uma meta irreal e o seu funcionário achar que não conseguirá atingi-la, ele não vai se motivar a tentar e não vai se mover para alcançá-la.

O ideal é que a meta seja desafiadora, mas não impossível.

  • # Reconhecimento

A remuneração é um forte elemento motivador. Recompensar aqueles que conseguirem atingir as metas pode ser uma excelente medida. Toda crítica faz parte do processo de liderança.

No entanto, é preciso lembrar que os elogios constroem relações profundas, duradouras e comprometimento entre as pessoas, o que é extremamente útil na relação líder-liderado.

  • # Investir em cursos e treinamentos

Além de qualificar a equipe, programas de treinamento podem promover colaboradores. Os programas de treinamento podem ser uma maneira de qualificar a equipe.

São muito úteis quando precisa implantar algo novo ou quando não encontra profissionais qualificados para determinadas tarefas no mercado. É também uma maneira de promover colaboradores.

Melhorando comprometimento da equipe:

  • # Comunicação aberta e frequente

A disfunção da maioria das equipes está enraizada em falhas na comunicação, como pouca escuta, interrupções, desconexão, inabilidade de ir direto ao ponto, e simplesmente não comunicar com a frequência suficiente para criar coesão na equipe.

  • # Dê tempo para criar coesão na equipe

Relacionamentos não se podem desenvolver no vácuo. Gastar menos tempo juntos não irá criar laços mais fortes na equipe. Construir coesão eficaz na equipe envolve dar tempo para conhecer os estilos de trabalho, personalidades e preferências.

  • # Construa cooperação

Numa equipe forte, as pessoas dependem umas das outras para tornar os processos e interações funcionando como o planejado.

Equipes fortes erradicam integrantes que não cooperam e querem substituí-los por pessoas que irão avançar o processo da equipe ou orientá-los a um comportamento mais cooperativo.

  • # Reconheça as forças

Pode ser difícil ver as forças dos outros integrantes. Em um clima de negócios, onde a apreciação é frequentemente escassa, muitos de nós perdemos do hábito de olhar para os pontos fortes dos outros.

É preciso uma mudança de mentalidade para começar a ver as pessoas com os olhos que admiramos e apreciamos nelas. Tenha tempo para fazer uma apreciação honesta e sincera aos integrantes da equipe.

  • # Gerencie resultados, não tarefas

Em última análise, que importa é a contribuição de cada integrante aos objetivos e missão da equipe.

Equipes fortes, com diversas personalidades, aprendem a focar nos resultados que cada integrante alcança, ao invés de tentar fazer com que os integrantes alcancem os resultados de uma determinada maneira.

Isso proporciona às pessoas a expressarem as personalidades deles através do trabalho e ainda contribuir significativamente para o esforço da equipe.

  • # Aproveite o espírito competitivo para criar cooperação

Competição amigável gera resultados. Mantenha a competição na equipe e seus próprios resultados passados, não entre os integrantes. Faça a competição ser animada.

Revise os sucessos do passado e encontre maneiras de positivamente desafiar para ultrapassar aqueles resultados.

I-M-P-O-R-T-A-N-T-E: as formas de aumentar o comprometimento no trabalho constituem base para o desenvolvimento do espirito de comprometimento e colaboração em equipe, por isso, nunca deixe de promover o comprometimento individual.

Nós da Software Avaliação possuímos as ferramentas e a experiência de já ter ajudado mais de 200 empresas no Brasil e no exterior com a Gestão de Pessoas, e podemos ajudar sua empresa também neste processo!

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

Comprometimento no Trabalho: Descubra O Que É e Sua Importância!
5 (100%) 10 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!