Como Motivar uma Equipe e Ter sua Empresa entre as Líderes de Mercado!


 Neste post, você irá descobrir como motivar uma equipe. Quando o trabalho parece trivial, é difícil motivar os empregados.

Independentemente de eles estarem entediados, sem vontade ou por não gostarem do trabalho, você estará diante do mesmo monstro: a falta de motivação. Descubra como motivar uma equipe.

Como motivar uma equipe

Porém, isso não está relacionado ao trabalho: é tudo sobre o ambiente que “você” cria.

Crie o ambiente certo e você terá funcionários felizes e motivados que facilmente penderão à produtividade e ao contentamento.

Como motivar uma equipe de vendas

Utilize um programa de compensação de incentivo ao empregado.

Como motivar uma equipe? Em vez de aumentar salários (algo que nenhum chefe quer ouvir), comece um programa de compensação de incentivo ao funcionário.

Desse jeito, quando a empresa estiver lucrando, todos os funcionários sairão beneficiados, do CEO aos assistentes de carga.

Visto que querem participar da coleta dos benefícios, eles permanecerão motivados para fazer a empresa lucrar.

Na mente deles, o pagamento normal vem de um jeito ou de outro: com o programa de compensação, o sucesso da empresa também os afeta.

  • O programa pode (e deve) dar um incentivo que os funcionários possam dividir com seus familiares.
  • Incentivos assim são incríveis motivadores em empresas.
  •  Para aqueles que são adultos com famílias para sustentar, o programa pode ser um grande motivo para lutar pela empresa.

Ajude seus comandados a ver que o trabalho é importante.

Presumivelmente, a empresa foi criada por motivos que vão muito além da coleta de dinheiro.

Talvez o alto escalão enxergue tais motivos; porém, para os empregados, todos os dias equivalem a um mesmo cotidiano chato.

É trabalho, trabalho, trabalho e mais trabalho. Certifique-se de que eles vejam como o trabalho deles ajuda a empresa a chegar aos seus objetivos e como isso é valioso. Você pode ficar surpreso ao saber que eles mal pensam sobre isso.

  • Digamos que você precise motivar sua equipe do McDonald’s. Eles estão virando hambúrgueres e estão cansados disso.
  • Faça-os lembrar de que, além do salário, eles estão trabalhando por uma causa maior: entregar à população comida gostosa, barata e de maneira rápida.
  • Eles estão ajudando todas as pessoas cujas vidas são perturbadas por conta do tempo e do dinheiro.
  • Isso dá aos funcionários um motivo para trabalhar, pois talvez eles não tenham um.

Como motivar uma equipe de produção

A motivação dos funcionários é um desafio constante nas empresas, que deve ser trabalhada no dia a dia de forma contínua para que seja efetiva e alcance os resultados pretendidos.

É preciso encontrar formas para manter o interesse e a atenção das pessoas, uma vez que o desgaste do dia a dia é a principal causa da desmotivação e, consequentemente, da diminuição da qualidade e da quantidade de produção.

Os efeitos negativos citados acima costumam ser ainda mais visíveis nas indústrias, uma vez que nelas os processos de produção tendem a ser mais repetitivos, cansando com mais facilidade as equipes de trabalho, física e psicologicamente.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para ajudar a recuperar o ânimo e dar mais fôlego aos funcionários da indústria, não apenas dando a motivação, mas ajudando a mantê-la! Dá só uma olhada:

Investimentos na formação

Conhecimento é algo extremamente motivador.

Quando o funcionário tem a oportunidade de aprender coisas novas e colocá-las em prática ele se sente mais estimulado a ver e acompanhar os resultados.

Da mesma forma, a melhora evidente nos processos de produção, ocorrendo exclusivamente pelas técnicas aprendidas, estimula o funcionário a se interessar e querer se profissionalizar ainda mais, formando um ciclo de motivação.

Motivação em tempo real

Uma estratégia que exige um certo investimento mas pode trazer bons resultados são os sistemas de informação em tempo real.

Esse método consiste na implantação de telas espalhadas pelos setores da empresa que permitem que os funcionários acompanhem os dados de produção e as metas alcançadas de forma periódica durante o dia.

Quanto mais frequente forem as atualizações melhor, pois mais fieis serão os dados e melhor o funcionário poderá enxergar os resultados de seus esforços conforme eles são feitos.

Metas e reconhecimento

Metas sempre ajudam a vislumbrar um horizonte que sirva de orientação durante a execução do trabalho. Para que elas funcionem de forma motivadora, devem sempre ser desafiadoras, mas ao mesmo tempo realistas e possíveis de serem cumpridas.

Além disso, é interessante  que se dê algum tipo de reconhecimento ao funcionário ou equipe que bate sua meta, além do simples sentimento individual de ter cumprido com as obrigações. Bonificações, brindes e outros agrados são boas maneiras de demonstrar a gratidão pelo bom trabalho executado.

Envolver os funcionários nas decisões a serem tomadas e dar voz as suas opiniões e sugestões faz com que eles se sintam mais responsáveis pelo sucesso da equipe e da empresa em geral e essa sensação de responsabilidade os motiva a trabalhar mais e melhor.

Da mesma forma, reuniões periódicas ou algum outro canal onde se possa ter um dialogo frequente entre funcionários, equipe e chefia são boas formas de identificar possíveis falhas e ouvir reclamações.

Problemas recorrentes ou mal resolvidos são fontes certas de desmotivação e identifcá-los é o primeiro passo para encontrar uma solução.

Dê “promoções por projeto” aos empregados. Digamos que David tenha criado uma ótima ideia para um projeto paralelo. Em vez de dizer “Pode crer, David! Manda ver!” (O que é aceitável), diga: “David, você está demitido de seu trabalho normal.

Você agora é CEO do Projeto Paralelo #1. Mostre-me o que você pode fazer!”. David vai cair nesse truque.

  • Nós todos temos uma sensação de importância.
  • Quando você tem um time maior que está, essencialmente, fazendo as mesmas coisas, as pessoas começam a achar que não importam, pois esta é a conclusão lógica.
  • Dar pequenas promoções a essas pessoas e encorajar os projetos paralelos delas é uma ótima maneira de contornar isso.

Como motivar uma equipe para atingir metas

O segredo para atingir metas de vendas ainda não foi desvendado pelos gestores administrativos, uma vez que o mercado e a equipe nem sempre reagem da maneira planejada.

Há, no entanto, estratégias que podem ser adotadas para auxiliar seus vendedores a melhorar a mira.

O primeiro passo é garantir que as metas estejam estipuladas corretamente.

“Existem ‘n’ formas de ampliar as chances para chegar lá. A mais comum é avaliar os meses e períodos anteriores.

Se a meta nunca é batida, ela pode ser alta demais. Se sempre é batida, pode ser fácil demais”, afirma Diego Maia, presidente do Centro de Desenvolvimento do Profissional de Vendas (CDPV).

Acompanhar o andamento das metas e revisá-las quando necessário faz parte do papel do administrador. “Quando o assunto é gestão de equipes de vendas, a flexibilidade é necessária”, diz.

Como motivar uma equipe

Treinamento

O gestor tem que garantir que os vendedores estão bem qualificados para alcançar as metas.

“Um grande dilema dos gestores é encontrar pessoas que tenham formação adequada e capacidade para lidar com isso”, afirma Mário Rodrigues, diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas).

“O treinamento detalhado, continuado e elucidativo dos produtos ou serviços comercializados é vital”, acredita Diego.

O vendedor deve entender, por exemplo, os ciclos de vendas e compras e métodos de negociação da empresa.

O gestor deve explicar ao funcionário também a importância das metas.

“Para o vendedor amador, que é a maioria, a meta é algo que não se discute e acaba sendo uma ferramenta de pressão”, explica Mário.

Explicar os níveis de resultados e permitir que os vendedores possam acompanhá-los ajuda na conscientização do fundamento das metas.

Mário sugere realizar um acompanhamento das principais competências do profissional. São elas disciplina, comunicação, criatividade, capacidade investigada, adaptabilidade, empatia, networking e tenacidade comercial.

“Nós fazemos avaliações para mostrar como estão evoluindo em cada competência e o que devem aprimorar”, afirma.

Motivação

Os fatores motivacionais têm grande peso nos resultados. O acompanhamento e a orientação do gestor são importantes também para o vendedor não se perder. “Líder que deixa a pessoa se virar sozinha segue um caminho ruim.

Fatiar a meta mensal por semana ou, melhor ainda, por dia, tem se mostrado exitoso”, afirma Diego.

As recompensas concedidas conforme as metas exigidas são consideradas indispensáveis.

“A proporção desse item com a remuneração fixa tem ligação direta com o tempo de fechamento e o fluxo de vendas.

Eu gosto muito das recompensas imediatas, por venda, diárias, semanais ou quinzenais”, comenta o presidente da CDPV.

Ele também indica as recompensas referentes à “supermeta”, um adicional para quem superar substancialmente a meta determinada pela gestão.

O que é estímulo para uma pessoa, no entanto, não é para outra.

Mário recomenda que os gestores façam os vendedores preencher um questionário sobre o que os motiva.

“Existe uma falsa certeza de que ele só se motiva por dinheiro. Muitos se motivam mais por segurança, poder ou aceitação”, afirma.

Para alguém que se importa mais por segurança, um seguro de saúde ou salário estável estimula mais do que um bônus em dinheiro.

“Também pode-se trabalhar com objetos de desejo, que podem ser de uma caneta a um carro ou viagens”, orienta.

Como motivar uma equipe de trabalho desmotivada

Como motivar uma equipe desmotivada?

Esta é um pergunta importante e para qual todo bom líder deve ter uma boa resposta na ponta língua, afinal, a motivação dos seus liderados está diretamente relacionada aos resultados e ao seu desempenho como gestor.

São inúmeros os fatores que levam à desmotivação no trabalho – falta de reconhecimento; renumeração baixa; atrasos no pagamento;

falta de empatia com os colegas, de planos de carreira e também dificuldades no relacionamento com o líder.

Todos estes elementos podem levar a uma queda expressiva na motivação dos funcionários em seu local de trabalho.

Para evitar que isso ocorra, é preciso ter estratégias de liderança efetivas, que ajudem o gestor a reverter esta situação e criar um ambiente mais positivo e produtivo, onde todos possam dar o seu melhor e crescer junto com a empresa.

Dicas de como motivar uma equipe desmotivada

  • Identifique as Causas da Desmotivação – Compreender quais são fatores que estão levando os colaboradores a estarem desanimados para o trabalho é o primeiro passo para eliminar o problema e reverter à situação.
  • Por isso, assim que perceber que a motivação está em baixa, ouça seus liderados e procure agir imediatamente para mudar este cenário.
  • Peça Feedbacks – Será que você não está contribuindo para a desmotivação em sua equipe?
  • Como motivar uma equipe? Reflita sobre seus comportamentos como líder e sua forma de gestão, peça aos seus colegas e equipe que lhe deem feedbacks e procure analisar onde você pode melhorar. Todos precisam evoluir.
  • Motive pelo Exemplo – Os bons exemplos do chefe são sempre uma referência para os liderados. Mostre o seu melhor, cumpra as regras, prazos e promessas feitas à equipe e tenha congruência entre seu discurso e suas ações.
  • Reconhecimento – Reconheça o mérito e os resultados dos seus profissionais sempre.
  • Esta atitude é essencial para motivar as pessoas, reconhecer seu empenho, seus dons, talentos e diferenciais e para valorizar seu comprometimento, dedicação, ideias e soluções dedicadas. Como motivar uma equipe?
  • Dê Feedbacks – Uma das maiores reclamações dos profissionais é a falta de feedback dos seus líderes em relação ao seu trabalho. Esteja atento e dê sempre um retorno aos seus colaboradores sobre seu desempenho, reconheça seus pontos fortes e corrija as falhas.
  • E lembre-se: feedbacks de melhoria devem ser dados de forma reservada e sem expor seu profissional.
  • Trabalhe pela Equipe – Isso representa buscar trazer melhorias contínuas para o grupo no que tange salários, benefícios sociais, estrutura de trabalho, desenvolvimento profissional e reconhecimento ao seu desempenho.

Isto mostra o comprometimento do líder com sua equipe e aumenta a sua motivação.

Por fim, se você deseja ampliar suas capacidades como líder e ter ferramentas efetivas para aumentar e manter sua motivação em alta, invista na sua formação como gestor.

Como motivar a equipe a vender mais

Para um crescimento estável e contínuo de uma empresa, é importante que os processos estejam otimizados e os funcionários apresentem performances previsíveis e que aumentem sempre.

O trabalho de um gerente de vendas é justamente garantir que o time atinja os melhores resultados possíveis. Essa inclusive é uma boa definição do papel do líder: orientar as pessoas de forma a conseguir delas a sua melhor performance.

Motivar vendedores é uma tarefa que envolve muito mais do que aquela famosa palestra motivacional. Apesar de serem importantes e efetivas, por si só não conseguirão os resultados esperados.

Recompensar vendedores com comissões é uma prática que vem sendo adotada há muito tempo. Normalmente quem escolhe a profissão de vendedor tem uma aptidão maior para riscos, e responde bem a esse sistema.

Isso dá ao gestor um maior controle sobre o trabalho do funcionário, como no caso de ele ter que fazer visitas externas por exemplo – o que torna uma supervisão difícil. Como motivar uma equipe?

Também torna possível medir sua produtividade a curto e médio prazo. Comissões são comprovadamente uma boa maneira de motivar vendedores!

Muitas empresas também adotam metas, de forma simples – como anual – ou mais complexas – como a cada trimestre e no fim do ano.

Estudos mostram, e você também já deve ter percebido, que vendedores trabalham mais para obter uma recompensa do que depois de tê-la conseguido. É aí que as metas cumulativas entram.

Vamos supor que um vendedor tenha que fechar 25 negócios por trimestre para receber certa recompensa.

No primeiro trimestre ele não bateu essa meta, mas no segundo sim – e receberá a recompensa independentemente do rendimento do trimestre anterior.

Com uma meta cumulativa, o vendedor precisa ter fechado um total de 50 negócios (a partir do começo do ano), para receber a recompensa do segundo semestre.

Isso ajuda na motivação, porque qualquer venda, mesmo em um período fraco, vai ser importante para a meta cumulativa dele.

É muito importante que a meta seja estabelecida com justiça e baseada em análises.

O vendedor não deve sentir que sua remuneração é injusta ou que a meta é impossível de atingir, mas se sentir motivado por ela.

Evidências mostram que é danoso para a empresa estabelecer metas muito altas, e apesar de ser necessário aumentar a meta daquele vendedor que bateu a do ano passado com folga, isso deve ser feito com cautela.

Dicas de como motivar uma equipe

Manter os funcionários motivados é essencial para que uma pequena empresa seja competitiva no mercado.

“Afinal, quem realiza o trabalho é a equipe que está na linha de frente e tem contato direto com o seu cliente”, afirma Daniel Palácio, consultor do Sebrae-SP.

Para Eduardo Carmello, diretor da Entheusiasmos Consultoria, muitas vezes o empreendedor confunde motivação com alegria.

“Ele pensa que precisa dar um gás na equipe. Em vez de analisar profundamente, recorre a práticas de curta duração, mas que não vão engajar a equipe”, explica.

“A gente percebe que muitas empresas identificam o problema e não comunicam ou comunicam de forma errada para o profissional”, afirma Rômulo Machado, diretor Regional Sudeste da consultoria De Bernt Entschev Human Capital.

Veja abaixo algumas recomendações que não exigem altos gastos para o seu negócio.

1. Aproxime a equipe

Criar uma prática para que as pessoas se conheçam mais é uma maneira dos próprios funcionários entenderem quais são as principais dificuldades de cada departamento.

Para Carmello, pode ser durante um café ou um almoço em que o tópico da conversa é falar um pouco sobre o que cada um faz.

O gestor também deve investir um tempo para estar mais próximo da equipe. “O contato mais próximo transmite um sentimento de que o líder está com ele”, explica Palácio.

2. Não se esqueça dos feedbacks

O feedback deve ser feito de maneira individual e não na frente de toda a equipe. “Reclamar da pessoa e não deixar claro o que a pessoa fez de errado só vai agravar o problema”, afirma Machado. Além disso, é importante ter tranquilidade ao lidar com esse tipo de situação.

“Existem empresários que ainda se mantém distantes e têm medo de dar o feedback”, diz Palácio. Fazer críticas construtivas e elogiar quando há um bom desempenho são atitudes necessárias independente da correria do dia a dia.

3. Assuma a postura de “mentor”

Uma maneira de capacitar sua equipe é ajudando nos custos de um curso. “Bancar um curso especifico, não vejo como um gasto e sim como um investimento, pois é uma consequência boa para a empresa”, afirma Palácio.

“Se a empresa está realmente empenhada em ensinar, o gestor pode identificar um livro bom do mercado, por exemplo, e oferecer para cada um da equipe”, complementa Carmello.

Estimular o aprendizado faz com que o funcionário perceba que está indo além e aprendendo coisas novas.

4. Estimule a participação dos funcionários

Instigar os funcionários a terem ideias, mesmo que essas não possam ser aplicadas de imediato na empresa, é uma maneira de ter um ambiente de trabalho mais leve. Para Machado, um ambiente descontraído pode ser mais produtivo e motivador para todos.

“Nada melhor do que a própria equipe envolvida no problema para dar sugestões.

As melhores ideias podem ser premiadas com um vale-presente ou um voucher para um almoço”, explica Palácio. Carmello completa que o empreendedor deve considerar compartilhar informação com a equipe sempre que possível.

5. Busque parcerias

Uma maneira barata de agregar mais benefícios é fazer parcerias com outros negócios. Entrar em contato com academias, restaurantes, padarias ou escolas de idiomas para negociar descontos para os funcionários.

“Faça uma pesquisa com a equipe antes e identifique quais são os benefícios principais que os funcionários gostariam de ter”, ensina Palácio.

6. Celebre as conquistas

Quando a sua equipe atinge metas ou soluciona um problema, é preciso celebrar.

“O empresário não pode perder o momento. Café da manhã, happy hour, nada que seja muito caro.

A longo prazo, isso pode fazer a diferença, pois aumenta a competitividade da empresa“, afirma Palácio.

Além disso, o reconhecimento não pode vir sem motivo. “Sempre premio por performance.

Quando é a primeira vez que a pessoa consegue algo eu dou uma caixa de chocolate. É um simbolismo de querer de novo”, explica Machado.

Técnicas de como motivar uma equipe

Cada pessoa tem características peculiares e isso influencia a forma de motivá-la. Uma coisa é certa, qualidade de vida importa, e muito, na hora de trabalhar bem e mesmo na decisão de ficar em uma empresa ou não.

Prêmios funcionam ainda melhor do que remunerações monetárias.

Presentes como viagens, bens materiais ou mesmo um simples ingresso para o cinema tem um impacto enorme na performance dos vendedores.

Como motivar uma equipe

Como motivar uma equipe? Trabalhar com vendas envolve muito esforço e muitos “nãos”, e às vezes isso pode influenciar no rendimento de um vendedor.

Pensar sobre como seu time está vivendo os fará se sentir importantes, e enviará uma mensagem forte.

Considere folgas e fique de olho na quantidade de horas extras que os vendedores fazem.

Outra coisa que faz a diferença e vai lhe dar uma nova perspectiva sobre como motivar vendedores é estudar a qualidade dos materiais que eles usam.

Para que uma pessoa trabalhe da melhor forma possível, ela deveria estar equipada com as melhores ferramentas.

Um bom computador, um smartphone de última geração e um software moderno vão deixar sua equipe mais feliz.

O ambiente de trabalho também é uma preocupação cada vez maior entre empresas.

Como motivar uma equipe?Uma cadeira ergonômica e confortável e uma música relaxante, por exemplo, deixará os funcionários mais relaxados e confortáveis, mudando bastante a postura deles na hora de trabalhar.

Quando um vendedor não fecha uma venda ou não bate a meta, ele com certeza recebe uma reprimenda.

Mas também não é saudável esquecer de parabenizá-lo quando ele está indo bem.

Pessoas adoram ser reconhecidas pelo que fazem bem, e isso é importante ao motivar vendedores. Felicite seu time por um trabalho bem feito, com palavras positivas e chamando os vendedores pelo nome. Isso é tão importante quanto um bônus.

Quando precisar dar um feedback negativo, use técnicas de Coaching, como o feedback burguer.

Isso consiste em começar e terminar com informações positivas, por exemplo:

“Sérgio, gosto muito da maneira como você organiza seu dia e seu trabalho, isso influencia muito no resultado das suas vendas.

Porém, observei que você não atingiu sua meta nos dois últimos meses, e precisamos encontrar uma maneira de mudar isso. Você sempre foi um ótimo vendedor e creio que podemos retornar a esse patamar de qualidade!”

Tenha a certeza de que tudo o que você falar é a verdade, não adianta fazer comentários positivos que não são verdadeiros – todo mundo tem seus pontos positivos que podem ser explorados.

Técnicas assim são efetivas porque o vendedor vai estar bem mais aberto a críticas e aceitará melhor o feedback.

Agora que você sabe como motivar seus vendedores, aplique essas técnicas e veja a mudança na moral da sua equipe!

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

Como Motivar uma Equipe e Ter sua Empresa entre as Líderes de Mercado!
5 (100%) 15 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.