Demonstrativo de Pagamento | Entenda o Que É! Clique e Saiba Mais


Holerite é um documento que certifica o pagamento do salário de um trabalhador que frequentemente é depositado na sua conta bancária. O termo holerite é mais comum em São Paulo, e em outros lugares costuma ser substituído pelas expressões “demonstrativo de pagamento” ou “contracheque”.

O holerite indica o salário bruto de um funcionário e é emitido por uma instituição comercial ou repartição pública.

Este documento é composto pela assinatura, dados da empresa, dados do trabalhador, acréscimos, deduções (que podem ser adiantamentos, contribuição sindical, convênio médico, imposto de renda, INSS, alimentação, previdência privada e transporte), rodapé e especificação do salário (total líquido a receber).

O termo holerite deriva de Herman Hollerith, o nome de um inventor e empresário norte-americano. Hollerith inventou um sistema de registro de informações em cartões perfurados, que revolucionou o processamento de grandes quantidades de dados.

Em 1890 este sistema foi usado para fazer o recenseamento dos Estados Unidos, que demorou apenas um ano, significativamente menor que o censo de 1880, que demorou sete anos.

Demonstrativo de Pagamento

Atualmente, vários bancos disponibilizam aos seus clientes o holerite eletrônico, que pode ser conferida na internet ou em um posto. Para ter acesso ao holerite, é necessário cumprir um processo de autenticação para provar que o holerite é da pessoa certa, evitando assim a divulgação de informações privadas.

O holerite é essencial para que o funcionário tenha conhecimento de todos os registros financeiros que foram gerados no mês trabalhado, além de ser um comprovante de renda para o trabalhador na abertura de crediários e demais financiamentos.

Também é uma garantia de que o valor do salário depositado pela empresa é o mesmo que consta neste demonstrativo.

Para as empresas o holerite representa o registro de todos os vencimentos, descontos e bônus de seus funcionários, além de comprovar que a companhia está cumprindo com suas obrigações fiscais e trabalhistas.

Até por isso, sempre vão existir duas vias de igual teor desse demonstrativo. Uma para o funcionário e outra para registro da empresa.

Sinônimos de holerite:

  • Contracheque;
  • Demonstrativo de pagamentos;
  • Recibo de vencimentos;
  • entre outros.

De qualquer modo, todas estas denominações possuem a mesma função de fornecer informações referentes ao salário do trabalhador.

Demonstrativo de Pagamento Aposentadoria INSS

Da Redação (Brasília) – Os aposentados e pensionistas da Previdência Social que são obrigados a apresentar a declaração do Imposto de Renda à Receita Federal, ano base 2016, já podem acessar o demonstrativo de rendimentos na página da Previdência.

As declarações serão recebidas pela Receita até o dia 28 de abril. Após essa data, os contribuintes terão de pagar multa pelo atraso na entrega.

Para consultar o extrato, o segurado deve acessar o portal da Previdência e consultar o Demonstrativo de rendimentos no menu de serviços do INSS, informar o ano base –no caso, 2016–, o número do benefício, a data de nascimento, o nome do beneficiário e o CPF.

Não é necessário o uso de senha. O documento também poderá ser retirado nas Agências de Previdência Social (APS). Para mais conforto ao cidadão, o INSS recomenda que a impressão seja feita na internet ou nos terminais de autoatendimento dos bancos.

Está obrigado a apresentar declaração à Receita Federal quem recebeu, em 2016, rendimentos tributáveis superiores a R$ R$ 28.559,70, ou rendimentos isentos – não tributáveis ou tributados somente na fonte – cuja soma seja superior a R$ 40 mil.

Demonstrativo de Pagamento Autônomo

O Recibo de Pagamento Autônomo é um documento que deve ser emitido pela fonte pagadora, sendo ela uma empresa que contratou o serviço de alguma profissional pessoa física que não esteja regido pelo sistema da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Alguns cuidados devem ser tomados nesse tipo de contrato: o profissional não poderá ter vínculo empregatício com a empresa durante o trabalho que originará a necessidade deste documento, mas, futuramente, ele pode ser contratado.

Qualquer pessoa que preste serviço a uma empresa e que não possua notas fiscais pode receber o Recibo de Pagamento Autônomo.

No entanto, um ponto deve ser levado em conta: o profissional, pessoa física contratado temporariamente por esse regime poderá ser equiparado a um colaborador devidamente registrado, no caso de uma reclamatória trabalhista. Isso acontece quando há comprovação de vínculo empregatício.

Se, por exemplo, uma empresa tem contrato com um autônomo que trabalhe exclusivamente para essa companhia, além de vantagens como celular cedido pela empresa, ajuda de custo e reembolso de despesas, esse autônomo pode tentar, na Justiça, se equiparar com um vendedor interno.

Os impostos do RPA

Como o autônomo não é uma empresa, mas uma pessoa física, a prestação dos serviços por ele realizada deverá ser tributada como base em três impostos: Imposto de Renda sobre Pessoa Física (IRPF), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e Imposto Sobre Serviços (ISS).

A empresa que remunerar o autônomo deverá fazer a retenção na fonte do IRPF e da Contribuição Previdenciária, que devem ser descontadas da remuneração paga ao autônomo, repassadas ao Fisco e ter tudo registrado em comprovantes entregue ao autônomo. O Recibo de Pagamento

Autônomo deve discriminar os valores pagos e as retenções de IRPF e INSS.

A empresa deve também pagar 20% de INSS sobre a remuneração do autônomo, contribuição da empresa para o custeio da Previdência Social.

Caso a companhia contratante seja optante pelo Simples Nacional, a Contribuição Patronal Previdenciária já está inclusa na alíquota do Simples Nacional incidente sobre sua receita bruta mensal, não devendo ser paga novamente.

Demonstrativo de Pagamento

Veja a seguir como devem ser pagos os impostos:

Imposto de Renda sobre Pessoa Física

O cálculo do IRPF deve ser feito com base na tabela progressiva do imposto para o ano-exercício, que muda anualmente e pode ser consultada no site da Receita Federal.

Instituto Nacional do Seguro Social

Deve-se recolher 11% sobre o valor dos serviços prestados para empresas, respeitado o teto do salário de contribuição previdenciária mensal.

Imposto Sobre Serviços

A alíquota do ISS varia de 2% a 5% do valor do serviço prestado, conforme o tipo de atividade e o município. Geralmente, as prefeituras estipulam um valor fixo mensal, sobre o qual é aplicada a alíquota do ISS. Consulte a base de cálculo na prefeitura da sua cidade.

Como Medir o Desempenho do Colaborador

Uma das tarefas mais difíceis do gestor é manter a equipe trabalhando unida e comprometida com as metas e sucesso da empresa. Lidar com pessoas não fácil, cada colaborador possui suas características e personalidade.

Então como encontrar uma maneira de obter o respeito de todos e manter a equipe motivada e produtive? É simples: Justiça!

Algo que ninguém tolera é a injustiça, e muitos colaboradores se veem injustiçados. Você já deve ter se deparado com burburinhos como estes:

  • “Trabalho muito e não tenho reconhecimento”
  • “Fulano chega sempre atrasado e ninguém fala nada”
  • “Fulano passa o dia no Facebook e eu aqui me matando”

Estes são só alguns exemplos do que uma má administração de equipe pode ocasionar. A mente do ser humano funciona assim: “Se ele ganha o mesmo que eu e não faz nada, porque eu devo fazer?”

Quando seus melhores talentos começarem a pensar dessa maneira, sua produtividade descerá ladeira a baixo! Você não pode deixar que as coisas cheguem a esse ponto.

Você deve manter sua equipe em um nível sadio de competição, sempre puxando para cima. Sua equipe deve formar exemplos, um colaborador deve ver o esforço do outro e pensar “Fulano tem dado duro e foi reconhecido, vou me esforçar para produzir tanto ou mais do que ele!”

E a única maneira de você jogar limpo e transparente com sua equipe é ter dados concretos para apresentar. A Avaliação de Desempenho não é um plus que grandes empresas devem ter. É uma realidade que TODAS as empresas deveriam se preocupar.

O capital humano é o maior ativo de qualquer empresa. Pense comigo:

  • Você tem CERTEZA de qual funcionário é seu melhor talento?
  • Você tem CERTEZA de qual colaborador é o mais produtivo?
  • Quantos colaboradores da sua equipe chegaram atrasado nos 2 últimos meses?
  • Quantos colaboradores da sua equipe faltaram e apresentaram atestado nos últimos 6 meses?

Se você é um gestor de equipe, você deveria ter todos estes dados a poucos cliques de alcance. Deveria possuir um sistema atualizado com tudo o que acontece na sua equipe, e assim ter total controle sobre ela.

Como recompensar o melhor colaborador e evitar perdê-lo para um concorrente por falta de reconhecimento? Como planejar ações de melhoria e desenvolvimento para seus colaboradores que podem render mais?

Como saber quais competências cada colaborador tem de melhor, e desenvolver e a primorar as que possui deficiência?

A resposta para todas as perguntas é: Avaliação de Desempenho.

Com a Avaliação de Desempenho você resolve todas estas situações:

Um colaborador foi demitido e acionou sua empresa na justiça: Com a Avaliação de Desempenho, você terá dados concretos e atualizados (desde a entrada do funcionário na empresa até sua saída) e poderá justificar o porque da demissão.

Terá anotações de cada atraso, de cada conduta equivocada ou falta de preparo para exercer a função requerida, tendo assim uma base sólida para se defender.

Evitar que “Uma maçã podre estrague o cesto de frutas”: Um colaborador revoltado causa grandes danos a uma equipe. Fora o próprio desempenho ruim, pode instigar seus colegas a também fazerem corpo mole ou sabotar a empresa por algum motivo.

Com a avaliação de desempenho, você terá subsídios para refutar qualquer argumento que este colaborador tenha para infectar a equipe. Mostre ao resto da equipe que as reclamações dele não tem fundamento, baseado em dados concretos que ele não poderá negar.

Evitar Gastos Desnecessários Com Treinamentos Equivocados: É muito comum nas empresas, equipes inteiras receberem treinamentos. Mas, isso é correto? Não seria bem mais assertivo que cada colaborador recebesse o treinamento que mais precisa para se qualificar, ou para exercer melhor a sua função?

Com a Avaliação de Desempenho, você consegue filtrar cada competência em que seu colaborador é melhor e pior, e assim estabelecer o Plano de Desenvolvimento Individual para que ele se qualifique da melhor maneira possível.

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

 

 

Demonstrativo de Pagamento | Entenda o Que É! Clique e Saiba Mais
5 (100%) 10 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.