Dinâmicas Rápidas | Trabalhando Relacionamentos Enquanto Se Diverte


As dinâmicas rápidas para formação ou interação de equipes ajudam um grupo de pessoas a aprender a trabalharem juntos, descobrir quais são os pontos fortes e fracos de cada um e, em geral, se conhecer melhor.

Um grupo é definido como um número de indivíduos que se reúnem para alcançar uma tarefa ou meta específica. Dinâmica de grupo refere-se às características atitudinais e comportamentais de um grupo.

Dinâmica de grupo diz respeito ao sucesso organizacional porque consiste em vários grupos e depende muito de como os grupos se formam, como eles são configurados e processados, e mais importante, como eles funcionam.

Existem várias teorias sobre por que os grupos se desenvolvem. A teoria clássica defende que o desenvolvimento do grupo é baseado em atividades, interações e sentimentos.

Quando os indivíduos compartilham atividades comuns, eles terão mais interação e desenvolverão atitudes que podem ser positivas ou negativas uns para os outros.

As dinâmicas rápidas constituem um importante papel nas organizações como forma de aprimorar o intercâmbio pessoal dentro das empresas.

dinâmicas rápidas

Exemplos de Dinâmicas Rápidas

As dinâmicas rápidas são atividades com o objetivo de desenvolver as relações, compartilhar experiências e ajudar a fortalecer o senso de identidade daqueles dentro de seu grupo. É um ingrediente-chave na construção de relacionamentos.

Conheça alguns exemplos de dinâmicas rápidas que podem ser aplicados na sua empresa.

Conectando histórias

É uma divertida atividade para encontrar experiências ou temas comuns entre as pessoas. Esta atividade funciona melhor em pequenos grupos de 6-8 pessoas.

Materiais necessários

Canetas

Notas post-it ou outros pequenos pedaços de papel

Alfinetes

Mural de isopor ou quadro branco ou pedaço grande de papel pardo

Configuração 

Divida todos em pequenos grupos de 6-8 pessoas. Assegure-se de que cada grupo tenha várias notas e canetas. Divida o quadro ou a folha de papel pardo pelo número de grupos formados.

O objetivo do jogo é conectar mini-histórias de uma forma interessante.

Cada pessoa deve compartilhar pelo menos um item que se conecte às outras mini-histórias. Quanto mais longa a cadeia de itens que podem ser criados, melhor. Anote algumas palavras em um post-it para acompanhar cada parte da história.

O primeiro jogador começa compartilhando uma memória ou experiência interessante que eles têm. Por exemplo, um jogador pode dizer: “Uma vez, eu acidentalmente me tranquei fora da casa. Então passei o dia todo em um café”.

Qualquer outra pessoa pode contar uma história relacionada que tenha temas ou elementos semelhantes à história anterior. Por exemplo, a próxima pessoa pode dizer: “Eu sou totalmente viciado em café. Todos os dias bebo 3 xícaras de café e às vezes me impede de dormir à noite ”.

O próximo jogador, baseado na história anterior compartilhada, pode dizer algo relacionado, como: “Eu não durmo muito à noite porque fico no computador até tarde”.

Quanto mais interessante ou engraçada a história, melhor. Essas mini-histórias estarão escritas nas pequenas anotações e fixadas no espaço pertencente ao grupo.

No final do jogo, o grupo com a maior cadeia de histórias conectadas é o vencedor. Alguém do grupo vencedor compartilha a história inteira com o restante do grupo.

Esta atividade é uma maneira divertida de levar as pessoas a compartilhar histórias, enquanto ajuda a conhecer semelhanças ou interesses comuns.


Transformando experiências

  • Tempo: 5-6 minutos
  • Número de participantes: duas ou mais pessoas
  • Ferramentas necessárias: nenhuma

Regras

O parceiro A compartilha algo negativo que aconteceu em sua vida com o parceiro B. Pode ser uma memória pessoal ou relacionada ao trabalho, mas deve ser verdadeira.

Em seguida, o parceiro A discute a mesma experiência novamente, mas se concentra apenas nos aspectos positivos. O parceiro B ajuda a explorar o lado positivo da má experiência. Depois, eles trocam de papéis.

Objetivo

Os participantes descobrem como reestruturar as situações negativas em experiências de aprendizagem em conjunto.


Campo de minas

  • Tempo: 15 a 30 minutos
  • Número de participantes: 4 – 10 pessoas (números pares)
  • Ferramentas necessárias: Vários objetos, várias vendas nos olhos

Regras

Encontre um espaço aberto, como um estacionamento vazio ou um parque. Distribua os objetos (cones, bolas, garrafas, etc.) esporadicamente no espaço aberto.

Formados os pares, faça com que uma pessoa de cada par coloque a venda nos olhos. A outra pessoa deve liderar seu companheiro de equipe de um lado do espaço aberto para o outro sem pisar nos objetos – usando apenas as instruções verbais.

A pessoa de olhos vendados não pode falar nada. Para tornar isso mais difícil, crie rotas específicas para as quais os membros da equipe vendados devem caminhar.

Objetivo

Esta é uma das dinâmicas rápidas que se concentra na confiança, comunicação e escuta efetiva.


Verdade e mentira

  • Tempo: 10 a 15 minutos
  • Número de participantes: cinco ou mais pessoas
  • Ferramentas necessárias: nenhuma

Regras

Sente todos em um círculo de frente um para o outro. Peça a cada pessoa que traga três fatos sobre si e uma mentira. A mentira deve ser realista em vez de extravagante.

Faça com que cada pessoa declare os três fatos e uma mentira em uma ordem aleatória, sem revelar qual é a mentira. Depois que alguém compartilha, os outros devem adivinhar qual é a mentira.

Objetivo

Este é um ótimo jogo de quebra-gelo, especialmente para novas equipes. Ajuda a eliminar julgamentos precipitados de colegas e dá aos introvertidos uma chance igual de compartilhar alguns fatos sobre si mesmos.


Desenho cego

  • Tempo: 10 a 15 minutos
  • Número de participantes: duas ou mais pessoas
  • Ferramentas necessárias: uma foto, caneta e papel

Regras

Divida todos em grupos de dois, sentados lado a lado. Dê a uma pessoa a caneta e o papel e a outra pessoa uma foto.

A pessoa com a foto descreve a imagem para seu companheiro de equipe sem realmente dizer o que é. Por exemplo, se a imagem for um verme em uma maçã, não diga: “Desenhe uma maçã com um verme nela”.

A pessoa com a caneta e o papel desenha o que eles pensam que a imagem representa, com base na descrição verbal. Defina um limite de tempo para 10 a 15 minutos.

Objetivo

Esta é uma atividade que se concentra na interpretação e comunicação. Quando o desenho terminar, é sempre interessante ver como o desenhista interpretou a descrição do parceiro.


Isso é melhor que isso

Tempo: 15 a 20 minutos
Número de participantes: qualquer
Ferramentas necessárias: quatro ou mais objetos

Regras

Escolha quatro ou mais objetos diferentes (ou os mesmos objetos com aparência diferente). Divida todos os seus participantes em equipes pares.

Descreva um cenário em que cada equipe precisa resolver um problema usando apenas esses objetos. Isso pode ser qualquer coisa de “Você está preso em uma ilha deserta” para “Você está salvando o mundo!”

Peça a cada equipe que classifique os objetos com base em sua utilidade nesse cenário específico, juntamente com seu raciocínio.

Objetivo

Este exercício inspira a criatividade da equipe na solução de problemas. A ideia é não tornar os cenários muito fáceis, para não ficar óbvio quais objetos são mais úteis.

dinâmicas rápidas

Dinâmicas Rápidas vs. Desempenho

As pessoas não são robôs programados que trabalham do início ou fim da jornada, da mesma forma, dia após dia, mantendo a mesma produtividade.

Eles exigem confiança e paciência daqueles que os gerenciam, onde um grupo mais ativo e responsável deve ser encorajado, enquanto um outro deve ser estimulado a reavaliar seus objetivos e propósitos na empresa.

Todos os envolvidos – seja em um projeto individual ou de equipe – devem receber coletivamente palestras estimulantes, oficinas de formação de equipes, atividades motivacionais para participar e, acima de tudo, reconhecimento.

Quando você reconhece o trabalho de alguém, a pessoa é impelida a ser melhor, mais eficiente e focada. Essas dinâmicas rápidas ou mais elaboradas ajudam uma organização a melhorar o desempenho geral e a mentalidade de seus funcionários sobre a empresa.

4 Coisas a Saber Sobre Dinâmica de Grupo no Local de Trabalho

Uma boa compreensão da dinâmica de grupo e o papel que desempenha nos negócios é um componente crítico do gerenciamento bem-sucedido.

Quando existe uma boa dinâmica dentro de um grupo que trabalha em direção a um objetivo comum, cada membro individual terá um desempenho efetivo e atingirá as metas estabelecidas pelo grupo.

A dinâmica de grupo deficiente pode afetar negativamente o desempenho, levando a um resultado negativo no objetivo ou projeto comum. Muitas variáveis ​​contribuem para uma boa dinâmica de trabalho.

A partir do momento que gestores identificam onde se encontram as falhas, as dinâmicas rápidas são uma ótima forma de trabalhar esses pontos mais frágeis, escolhendo as práticas específicas para cada situação, como dinâmicas motivacionais, aumentar a criatividade, o senso de trabalho em equipe, exercitar a liderança, a comunicação, entre outras questões.

Abaixo estão quatro pontos-chave para entender a dinâmica do grupo e como criar e manter uma dinâmica positiva e produtiva em qualquer grupo.

Uma liderança forte é importante dentro de um grupo

Isso não significa que um gerente precise intimidar a equipe para manter o controle. Um líder deve orientar o desenvolvimento do grupo e o caminho para o objetivo que precisa ser alcançado.

Ele pode fazer isso definindo funções e responsabilidades específicas para os membros do grupo, bem como um cronograma para o projeto comum, para que os membros possam entender o lugar de seu papel dentro do cronograma.

Reconhecer como as personalidades afetam a dinâmica da equipe

Obviamente, cada pessoa que trabalha dentro de um grupo traz para aquele grupo sua personalidade individual e seu conjunto de habilidades.

Reconhecer o estilo de trabalho de cada pessoa, a motivação e o nível de aptidão podem ajudar o gerente a entender como essa pessoa se encaixa no grupo como um todo.

Isso também pode fornecer uma oportunidade para os gerentes notarem quaisquer lacunas na experiência ou no comportamento que precisem ser preenchidos com membros adicionais da equipe para que o grupo cumpra sua meta com êxito.

Junto com os membros que contribuem positivamente para o grupo, também pode haver aqueles cujo comportamento, atitude ou estilo de trabalho afeta negativamente a dinâmica do grupo geral.

Alguns podem ser óbvios – uma personalidade agressiva dominando e intimidando outros membros do grupo, ou uma pessoa perturbadora que está constantemente atrapalhando os outros, deixando de lado suas atividades.

Alguns papéis disruptivos podem ser menos fáceis de identificar, mas também podem ter um efeito adverso na dinâmica de grupo.

Um gerente que reconhece e reage rapidamente a esses papéis pode influenciar a dinâmica do grupo de maneira positiva.

Entenda o ciclo de vida de um grupo

A maneira como um grupo se une pode ser demonstrado em 5 etapas:

  • Formando: a união de um grupo.
  • Atacando: os membros do grupo procuram membros que pensam da mesma maneira. Nesta fase, podem surgir conflitos entre diferentes subgrupos.
  • Normatizando: membros tornam-se investidos no grupo como um todo e no objetivo comum do grupo.
  • Executando: os membros do grupo agora funcionam como um todo, contribuindo para completar a tarefa dentro dos padrões que foram definidos nas etapas anteriores.
  • Adiamento: se o grupo tiver se formado para atingir uma meta específica, o grupo se dispersará após a conclusão da tarefa e qualquer avaliação necessária subsequente.

A consideração de onde o grupo está dentro deste ciclo pode fornecer uma perspectiva para todos os membros, enquanto eles se movem através dele.

A comunicação é fundamental

Com que eficácia um grupo se comunica pode determinar o sucesso ou fracasso geral do grupo em alcançar seu objetivo.

Muitos métodos de comunicação podem ser usados ​​em grupos que trabalham em direção a um objetivo de negócios comum.

E-mails, softwares de gerenciamento de projetos, documentos em grupo e conferência por vídeo / telefone são algumas das muitas maneiras pelas quais a tradicional reunião em grupo presencial está se tornando menos prevalente.

É imperativo que todos os membros de um grupo compreendam e utilizem completamente os métodos de comunicação escolhidos.

A comunicação aberta e transparente através dos métodos de comunicação escolhidos pelo grupo cria e mantém um senso de confiança dentro do grupo como um todo e mantém o grupo trabalhando em conjunto em direção ao objetivo.

Conversas paralelas via e-mails separados ou recursos de bate-papo podem prejudicar a confiança geral do grupo. Além disso, o gerente do grupo deve garantir que todos os membros possam efetivamente comunicar as informações necessárias ao grupo.

Isso pode exigir treinamento adicional em programas, ou assistência na apresentação clara de informações para que todos os membros tenham o benefício de total compreensão das informações.

dinâmicas rápidas

Mais Exemplos de Dinâmicas Rápidas

Se cada membro do grupo vê sua contribuição como valiosa e responsável para o grupo maior, é mais provável que a rotatividade dos colaboradores diminua, eles estarão trabalhando mais satisfeitos consigo mesmos e com a empresa.

Quanto maior o cérebro, melhor

Palavras cruzadas são divertidas de resolver, mas às vezes elas podem ser um pouco entediantes para alguém que não é realmente um fã incondicional.

Projete um jogo de palavras cruzadas especial que lida puramente com os detalhes de uma empresa, a natureza humana em geral e os atributos de um líder / funcionário ideal.

Forme grupos de 3-4 pessoas. A equipe que resolve o jogo de palavras cruzadas primeiro é a vencedora.

Conclusão

Invente maneiras interessantes de tornar as dinâmicas rápidas não apenas divertidas, mas também uma experiência estimulante para os colaboradores.

Isso incentivará as equipes a trabalharem juntas como uma entidade única na solução de algo tão simples quanto um jogo de palavras cruzadas, em que a comunicação é essencial mesmo em um cenário bidirecional.


Quanto tempo você aguenta?

Esta é uma das dinâmicas rápidas que num primeiro momento pode parecer uma bobagem, mas acredite, é um instrutivo jogo motivacional.

Faça com que dois funcionários se apresentem para competir entre si, sobre quem pode segurar um lápis por mais tempo sem deixá-lo cair.

O lápis deverá ser colocado entre as narinas e o lábio superior. Peça-lhes para colocar o lápis entre este espaço, enquanto inclinam a cabeça para trás.

Os demais provavelmente irão lançar insultos, piadas, sarcasmo e coisas do gênero para ver quem se desconcentra primeiro.

Você pode dificultar ainda mais pedindo aos dois funcionários participantes que passem por alguns obstáculos ou coisas assim, para ver quem ainda consegue manter o lápis no lugar. Quem soltar o lápis primeiro indica falta de foco em uma situação estressante.

Conclusão

Ensinará os funcionários a permanecerem centrados, não importa que tipo de situação se lance a eles. Tal comportamento composto é de extrema necessidade em um local de trabalho que tem sua parcela de dias ruins.


Cinto de ligação

Equipes de 4-5 pessoas ficam de costas umas para as outras, bem próximas.  Elas são fisicamente ligadas com fita adesiva.

Então cada equipe tem que correr para o outro lado da sala como se fosse uma única unidade. O objetivo é que cada equipe melhore seu tempo com a prática, fazendo por exemplo, melhor de cinco.

Conclusão

Eleva a “ligação do grupo” para um novo nível literalmente, com essa atividade hilariante. Não existe outra forma de ser vencedor nessa dinâmica se o grupo, totalmente preso entre si, não trabalhar junto.


Existem dezenas de dinâmicas rápidas que podem ser usadas nas mais diversas situações e necessidades, mas preste atenção com as seguintes dicas:

  • Escolha voluntários com cuidado e não cause constrangimento.
  • Se algo não estiver funcionando, passe rapidamente para a próxima atividade.
  • O tempo é importante.

Nenhum evento é o mesmo, então utilize a sua percepção e conhecimento de seus colaboradores para escolher a melhor dinâmica que se aplique ao seu objetivo.
Aproveite!

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

 

Dinâmicas Rápidas | Trabalhando Relacionamentos Enquanto Se Diverte
Qual pontuação você daria?


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.