3 razões pelas quais os funcionários têm medo da Avaliação de Desempenho


problemas-avaliacao-de-desempenho-360 graus

Seus colaboradores andam meio tensos com um certo de olhar de medo?

É bem possível o motivo deste terror não tenha a ver com monstros, mas com o inicio da temporada anual de Avaliação de Desempenho.

Aqui estão as razões mais comuns do motivo de os colaboradores temerem a revisão de desempenho e o que os gestores podem fazer sobre isso. Confira:

  1. Medo do desconhecido

Para a maioria dos colaboradores, o medo da Avaliação de Desempenho acontece por eles se sentirem inseguros em relação à finalidade do processo.

Eles temem os critérios que estão sendo avaliados e se eles serão analisados com precisão.

Sugestão: reduzir o medo do desconhecido através do desenvolvimento e da comunicação.

Isto é, fazer com seus colaboradores desempenhem um papel ativo no processo de avaliação, ou seja, que saibam as etapas, quais as pessoas que estarão envolvidas, como o feedback será dado e etc.

Além disso, é importante que se treine os gerentes para que eles lidem corretamente com processos como autoavaliação e feedback.

  1. Medo do fracasso

Muitos gerentes temem entregar o feedback, especialmente quando este não é favorável.

Então, não é surpresa que os colaboradores fiquem ansiosos, muitas vezes, só de ouvir falar de um problema de desempenho durante a revisão anual.

Imagine você completando sua autoavaliação e você coloca em um item sobre metas e competências “Expectativa superada” e, mais tarde, descobre que a avaliação de seu superior foi completamente oposta a sua no mesmo item.

É isso que os colaboradores temem: pensar que estão se saindo bem em determinado segmento quando na verdade estão tendo suas competências avaliadas como insuficientes e de dar tudo de si no cumprimento de suas funções e não serem reconhecidos.

Sugestão: para que seus colaboradores não sejam surpreendidos, conceda a eles feedbacks regulares de seus trabalhos e desempenho. Assim, eles saberão no que precisam melhorar.

Quando os colaboradores recebem feedback contínuo contínuo sobre o seu desempenho, eles mudam o foco do que não está funcionando (falha) para o que pode melhorar o trabalho (sucesso).

Também deixe claro o que espera que eles façam para que haja a melhora de desempenho e as metas sejam atingidas.

Desse modo, o gestor estará motivando sua equipe a atingir uma alta performance, conseguindo, consequentemente, bons resultados para a empresa.

  1. Medo do feedback

Para muitos colaboradores, durante o tempo de avaliação eles sentem como se estivessem “na berlinda”, onde seu desempenho é colocado como pauta de discussão.

Os colaboradores se sentem analisados e observados, como se os gestores tivessem procurando minuciosamente falhas e deslizes cometidos por eles.

Solução: o processo de preenchimento da avaliação já é um momento de reflexão para os colaboradores.

O feedback faz parte do processo de avaliação, e não deve ser encarado como a “hora da bronca”, pelo contrário, deve ser visto como “momento de aprendizado”. Como gestor, explique isso para seus colaboradores, deixe claro que estará disponível para ajudar, promover treinamentos, implementar novas técnicas para o trabalho e etc.

A avaliação de desempenho anual oferece uma oportunidade única para gestores e avaliados refletirem sobre o que foi aprendido durante o ano.

Se aplicada corretamente, a avaliação irá ser de grande ajuda para os colaboradores, no que diz respeito ao crescimento de suas carreiras e, dessa forma, irá contribuir positivamente para a empresa.

Deseja aplicar Avaliação De Desempenho?

Clique no link abaixo e experimente gratuitamente  o Software Avaliação e descubra como pode ser  fácil e rápido aplicar em sua empresa.

>>Sim! Quero experimentar o Software Avaliação! 

3 razões pelas quais os funcionários têm medo da Avaliação de Desempenho
3.3 (66.67%) 9 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!