Gestão Participativa | Mais Que Colaboradores, Parceiros!!


A gestão participativa, também conhecida como envolvimento do funcionário ou tomada de decisão participativa, incentiva o envolvimento das partes interessadas em todos os níveis de uma organização na análise de problemas, no desenvolvimento de estratégias e na implementação de soluções.

Os funcionários são convidados a participar do processo de tomada de decisões da empresa atuando em atividades como definição de metas, determinação de horários de trabalho e sugestões.

Outras formas de gestão participativa incluem aumentar a responsabilidade dos funcionários (enriquecimento do trabalho); formar equipes autogerenciadas, círculos de qualidade ou comitês de qualidade de vida no trabalho; e solicitar feedback da pesquisa.

A gestão participativa, no entanto, envolve mais do que permitir que os funcionários participem na tomada de decisões. Envolve também a gestão, tratando as ideias e sugestões dos colaboradores com consideração e respeito.

A forma mais extensa de gestão participativa é o sentido de propriedade direta dos funcionários de uma empresa.

Quatro processos influenciam a participação. Esses processos criam envolvimento dos funcionários à medida que são empurrados para os níveis mais baixos de uma organização.

Quanto mais esses processos se movem, maior o nível de envolvimento dos funcionários. Os quatro processos incluem:

Compartilhamento de informações, que se preocupa em manter os funcionários informados sobre a situação econômica da empresa;

Treinamento, que envolve aumentar os níveis de qualificação dos funcionários e oferecer oportunidades de desenvolvimento que lhes permitam aplicar novas habilidades para tomar decisões eficazes em relação à organização como um todo;

Tomada de decisão de funcionários, que pode assumir muitas formas, desde a determinação de cronogramas de trabalho até a decisão sobre orçamentos ou processos;

Recompensas, que devem estar ligadas a sugestões e ideias, bem como desempenho.

gestão participativa

Benefícios da Gestão Participativa

Um estilo de gerenciamento participativo oferece vários benefícios em todos os níveis da organização. Ao criar um senso de propriedade na empresa, o gerenciamento participativo instiga um sentimento de orgulho e motiva os funcionários a aumentar a produtividade para atingir seus objetivos.

Os funcionários que participam das decisões da empresa sentem-se parte de uma equipe com um objetivo comum, e aumentam seu senso de auto-estima e realização criativa.

Os gerentes que usam um estilo participativo descobrem que os funcionários são mais receptivos à mudança do que em situações em que não têm voz. As mudanças são implementadas de forma mais eficaz quando os funcionários contribuem para as decisões.

A participação mantém os funcionários informados sobre os próximos eventos para que eles estejam cientes das possíveis mudanças. A organização pode então se posicionar de maneira proativa e não reativa, pois os gerentes podem identificar rapidamente as áreas de interesse e procurar soluções para os funcionários.

A participação ajuda os funcionários a obter uma visão mais ampla da organização. Por meio de treinamento, oportunidades de desenvolvimento e compartilhamento de informações, os funcionários podem adquirir as habilidades conceituais necessárias para se tornarem gerentes ou altos executivos eficazes.

gestão participativa

Também aumenta o comprometimento dos funcionários com a organização e as decisões que eles tomam.

Criatividade e inovação são dois importantes benefícios da gestão participativa. Ao permitir que um grupo diversificado de funcionários participe das decisões, a organização se beneficia da sinergia resultante de uma escolha mais ampla de opções.

Quando todos os funcionários, em vez de apenas gerentes ou executivos, tiverem a oportunidade de participar, aumentam as chances de que uma ideia válida e única seja sugerida.

Requisitos Para Uma Gestão Participativa

Um equívoco comum dos gerentes é que a gestão participativa envolve simplesmente pedir aos funcionários que participem ou façam sugestões.

Programas eficazes envolvem mais do que apenas uma caixa de sugestões. Para que a gestão participativa funcione, vários problemas devem ser resolvidos e vários requisitos devem ser atendidos.

Primeiro, os gerentes devem estar dispostos a abrir mão de algum controle para seus trabalhadores; os gerentes devem se sentir seguros em sua posição para que a participação seja bem-sucedida.

Frequentemente, os gerentes não percebem que o respeito dos funcionários por eles aumentará, em vez de diminuir, quando implementarem um estilo de gerenciamento participativo.

O sucesso da gestão participativa depende de um planejamento cuidadoso e de uma abordagem lenta e gradual.

Mudar as idéias dos funcionários sobre a administração leva tempo, assim como qualquer tentativa bem-sucedida de mudança cultural total de um estilo de gestão democrático ou autocrático para um estilo participativo.

Empregados de longo prazo podem resistir a mudanças, não acreditando que durarão. Para que a participação seja eficaz, os gerentes devem ser genuínos e honestos na implementação do programa.

Muitos funcionários precisarão comprovar consistentemente que suas ideias serão aceitas ou pelo menos seriamente consideradas. Os funcionários devem ser capazes de confiar em seus gerentes e sentir que são respeitados.

A participação bem-sucedida exige que os gerentes abordem o envolvimento dos funcionários com uma mente aberta.

Eles devem estar abertos a novas ideias e alternativas para que a gestão participativa funcione. É importante lembrar que, embora o gerente possa não concordar com todas as ideias ou sugestões que um funcionário faz, a forma como essas ideias são recebidas é fundamental para o sucesso da gestão participativa.

Os funcionários também devem estar dispostos a participar e compartilhar suas ideias. A gestão participativa não funciona com funcionários que são passivos ou simplesmente não se importam.

Muitas vezes os funcionários não possuem as habilidades ou informações necessárias para fazer boas sugestões ou decisões. Nesse caso, é importante fornecer informações ou treinamento para que eles possam fazer escolhas informadas.

Encorajamento deve ser oferecido a fim de acostumar os funcionários à abordagem participativa. Uma maneira de ajudar os funcionários a se engajarem no processo de tomada de decisão é conhecer seus pontos fortes individuais e capitalizá-los.

Ao orientar os funcionários em áreas nas quais eles têm conhecimento, um gerente pode ajudar a garantir seu sucesso.

Antes de esperar que os funcionários façam contribuições valiosas, os gerentes devem fornecer a eles os critérios que suas informações devem atender. Isso ajudará a descartar idéias ou sugestões que não podem ser implementadas, não são viáveis ​​ou são muito caras.

Os gerentes também devem dar aos funcionários tempo para pensar em ideias ou decisões alternativas. Os funcionários muitas vezes não fazem seu pensamento mais criativo no local.

Outro elemento importante para a implementação de um estilo bem-sucedido de gestão participativa é a integração visível das sugestões dos funcionários na decisão final ou na implementação. Os funcionários precisam saber que fizeram uma contribuição.

Oferecer aos funcionários uma escolha na decisão final é importante porque aumenta seu comprometimento, motivação e satisfação no trabalho.

Às vezes, apenas apresentar várias alternativas e permitir que os funcionários escolham entre elas é tão eficaz quanto se pensassem nas próprias alternativas.

Se a primeira escolha dos funcionários não for viável, a gerência pode pedir uma alternativa em vez de rejeitar a entrada do funcionário.

Quando uma ideia ou decisão não é aceitável, os gerentes devem fornecer uma explicação. Se a administração derrubar repetidamente as ideias dos funcionários sem implementá-las, os funcionários começarão a desconfiar da administração, interrompendo, assim, a participação.

A chave é criar confiança nos funcionários para que suas ideias e decisões se tornem mais criativas e sólidas.

Preocupações

A gestão participativa não é uma cura mágica para tudo o que aflige uma organização. Os gerentes devem avaliar cuidadosamente os prós e os contras antes de implementar esse estilo de gerenciamento.

Os gerentes devem perceber que as mudanças não serão efetivadas de um dia para o outro e exigirão consistência e paciência antes que os funcionários comecem a perceber que a administração leva a sério o envolvimento dos funcionários.

A gestão participativa é provavelmente o estilo de gestão mais difícil de praticar. É um desafio não apenas para os gerentes, mas também para os funcionários.

Embora seja importante que a gerência permita que os funcionários participem da tomada de decisões e incentive o envolvimento na direção da organização, os gerentes devem estar cientes do potencial dos funcionários de dedicar mais tempo à formulação de sugestões e menos tempo para concluir seu trabalho.

A gerência de nível superior não apoiará um programa de gerenciamento participativo se acreditar que os funcionários não estão atingindo suas metas diárias ou semanais.

Algumas sugestões para superar esse problema em potencial são reservar um horário específico a cada semana para que os funcionários se encontrem com a gerência a fim de compartilhar suas ideias, ou permitir que trabalhem em suas ideias durante períodos menos ocupados do dia ou da semana.

Outra ideia que funciona para alguns gerentes é permitir que os funcionários configurem compromissos individuais para discutir ideias ou sugestões.

Os gerentes devem lembrar que a gestão participativa nem sempre é a maneira apropriada de lidar com uma determinada situação.

Os funcionários geralmente respeitam um gerente que usa sua autoridade e toma decisões quando é necessário. Há momentos em que, como gerente, é importante estar no comando, tomar uma decisão e depois aceitar a responsabilidade pelas escolhas feitas.

Por exemplo, a gestão participativa provavelmente não é apropriada quando a ação disciplinar é necessária.

Quando os gerentes consideram seus próprios trabalhos como um privilégio, e não como uma responsabilidade, eles fracassarão em fazer o trabalho de gerenciamento participativo.

Eles estarão menos dispostos a entregar parte da responsabilidade de tomada de decisão aos subordinados. Outra razão pela qual a gestão participativa falha é que os gerentes não percebem que não é o mesmo que delegar ou simplesmente transferir a responsabilidade.

Participação sozinha não tem valor; é apenas uma ferramenta eficaz se for usada para resolver problemas e atingir metas.

Alguns gerentes acreditam que convidar funcionários para participar de reuniões e formar comitês criará um programa de gerenciamento participativo bem-sucedido.

No entanto, essas medidas só são bem sucedidas quando as ideias dos funcionários são aceitas pela gerência e implementadas.

Quanto maior a organização, mais difícil se torna instituir um estilo de gestão participativa. As grandes organizações têm mais camadas e níveis, o que dificulta a comunicação efetiva e dificulta o registro das opiniões e sugestões de um grupo diversificado de funcionários e gerentes.

Programas de gestão participativa podem ser ameaçados pela política do escritório. Devido a agendas ocultas e pressão dos colegas, os funcionários podem manter suas opiniões para si mesmos e se recusar a dizer a um gerente se eles acham que uma ideia não funcionará.

Os gerentes também desempenham um papel na política, quando implementam programas de gestão participativa para impressionar seus próprios patrões, mas não têm intenção de aplicá-los.

Muitas empresas experimentaram os efeitos positivos da gestão participativa. Os funcionários estão mais comprometidos e experimentam mais satisfação no trabalho, quando têm permissão para participar da tomada de decisões.

Organizações relataram que a produtividade melhorou significativamente quando os gerentes usaram um estilo participativo. O gerenciamento participativo não é um estilo de gerenciamento fácil de implementar.

Apresenta vários desafios e não é bem sucedido da noite para o dia. Os gerentes terão mais sucesso se lembrarem que levará tempo e planejamento cuidadoso antes de ver os resultados.

Começar com pequenos projetos que incentivam e recompensam a participação é uma maneira de convencer os funcionários a acreditar que a administração é sincera e confiável.

gestão participativa

Exemplos de Gestão Participativa e Seus Usos

A gestão participativa permite que os funcionários assumam responsabilidade e autoridade sobre o trabalho feito por uma empresa.

Essa estratégia de liderança normalmente capacita os funcionários qualificados e permite que os executivos se concentrem no planejamento estratégico, enquanto os subordinados gerenciam as operações diárias.

Os líderes eficazes estabelecem uma missão, uma visão e um conjunto de objetivos claros antes de passar a administração aos funcionários.

A gerência comunica os objetivos organizacionais, descreve o que é esperado em termos de resultados e, em seguida, incentiva os funcionários a pensar de forma criativa para resolver problemas e descobrir como melhorar o desempenho.

Ao estabelecer critérios de medição de desempenho para o aprendizado, os líderes podem usar estratégias de gestão participativa em seu benefício.

Promovendo Aprendizagem e Desenvolvimento de Carreira

Usando estratégias de gerenciamento participativo, os líderes eficazes incentivam seus funcionários a identificar lacunas de desempenho e definir sua própria carreira usando os recursos da empresa, incluindo educação formal, workshops e cursos individualizados.

Os funcionários usam ferramentas de avaliação para identificar seus pontos fortes e fracos no alcance dos objetivos da empresa.

Em seguida, eles criam um plano de desenvolvimento e o revêem com seus gerentes. Isso permite que o funcionário crie uma ação personalizada para melhorar suas habilidades.

Ao capacitar o funcionário para avaliar sua própria competência e estabelecer um plano, o líder orienta o funcionário e oferece uma atmosfera de apoio para desenvolver as habilidades necessárias para atingir os objetivos estratégicos da empresa.

Aumentando a Satisfação dos Funcionários

Quando as empresas descobrem, por meio de pesquisas de satisfação de funcionários, que os subordinados se sentem insatisfeitos e desiludidos, os líderes eficazes usam técnicas de gestão participativa para colocar a organização de volta nos trilhos.

Ao executar grupos focais e entrevistas pessoais, os líderes eficazes recebem informações de seus subordinados sobre o verdadeiro estado da organização. Usando esse valioso feedback, esses líderes realinham seus objetivos estratégicos.

gestão participativa

Melhorando Processos

Líderes eficazes recompensam os funcionários por idéias inovadoras. Usando técnicas de gerenciamento de qualidade, como o Lean Six Sigma, os gerentes identificam oportunidades para melhorar os processos da empresa que reduzem os erros do produto, eliminam o desperdício e aumentam a satisfação do cliente.

Ao envolver os funcionários mais próximos dos problemas, como representantes de atendimento ao cliente, os líderes eficazes coletam dados para determinar a causa raiz e corrigir os problemas.

Valorizando a Diversidade

Nas organizações globais, os líderes eficazes garantem que as equipes trabalhem bem juntas. Ao realizar workshops e exercícios de formação de equipe, esses líderes incentivam seus subordinados a aprender sobre seus colegas de trabalho, parceiros de negócios e fornecedores.

Ao reconhecer que o sucesso em um mercado dinâmico requer experiência em lidar com diferentes culturas, costumes e tradições, os líderes eficazes promovem um ambiente de trabalho colaborativo.

Estilos de Gestão Participativa

A gestão participativa é um sistema no qual os funcionários de uma organização empresarial assumem um papel ativo no processo de tomada de decisão, no que se refere à maneira como a empresa opera.

Existem várias abordagens para o nível de gestão participativa em que uma empresa pode se engajar. Alguns exemplos são equipes de trabalho autogerenciadas, oportunidades de enriquecimento profissional, níveis crescentes de responsabilidade para os funcionários e até empreendimentos de propriedade dos funcionários.

Gestão de Informação

Um estilo de gerenciamento participativo é a criação de um ambiente de trabalho no qual a informação é compartilhada prontamente com os funcionários.

Isso inclui projeções financeiras, ganhos e orçamentos operacionais, bem como informações relacionadas ao planejamento estratégico de longo prazo.

Essa abordagem fornece transparência em todos os aspectos do negócio e permite comentários e sugestões dos funcionários.

Mentoria e Gerenciamento de Treinamento

Um ambiente de trabalho gerenciado participativo fornece treinamento contínuo, desenvolvimento de habilidades, aprimoramento profissional e orientação para funcionários em todos os níveis.

Os funcionários assumem regularmente responsabilidades novas ou adicionais, treinam de forma cruzada em diferentes áreas de negócios e dão as suas novas habilidades uma experiência prática sob a supervisão de um mentor.

Os funcionários são incentivados a compartilhar conhecimento e informações com o objetivo de ser uma força de trabalho bem treinada e diversificada que aproveita as habilidades mais notáveis de cada um.

Gerenciamento de Reconhecimento

Outra forma de gestão participativa inclui um fórum no qual os funcionários são reconhecidos regularmente por suas conquistas e contribuições.

A abordagem de recompensa é projetada para aumentar o desempenho, motivar os funcionários e fornecer um reforço positivo para um trabalho bem feito.

Os funcionários também têm a oportunidade de ver como suas contribuições afetam diretamente a empresa de maneira positiva.

Gestão de Ensino

O gerenciamento participativo geralmente apresenta um componente de ensino no qual os funcionários são orientados sobre os fundamentos do processo de tomada de decisão.

Os funcionários recebem informações sobre um determinado problema ou estratégia e as ferramentas cognitivas necessárias para dividir o problema em componentes de solução da questão.

Usando esse estilo de gerenciamento, os funcionários aprimoram continuamente seu conhecimento sobre como a empresa opera e são capazes de trazer habilidades cada vez melhores para o local de trabalho.

Gestão Compartilhada de Tomada de Decisão

Todas as formas de gestão participativa incluem uma forma de tomada de decisão compartilhada, mas esse estilo particular é ainda mais profundo.

No gerenciamento de tomada de decisão compartilhada, os funcionários participam do focus group, completam pesquisas, participam de sessões de brainstorming e geralmente trabalham em grupos auto-monitorados em tarefas e projetos específicos.

A gerência normalmente fornece parâmetros para os funcionários trabalharem e contribuírem com sugestões e ideias, e muitos também apresentam um processo de revisão formal para garantir que cada ideia seja ponderada e examinada com cuidado.

gestão participativa

Aprendendo Como se Tornar um Gerente Participativo

Bacharelado, mestrado e doutorado em programas gerais de gestão de negócios exploram vários aspectos do estilo de gestão participativa através de cursos teóricos e aplicações práticas.

Estudos associados incluem psicologia, comportamento humano e organizacional, técnicas motivacionais e gestão de recursos humanos.

Essas escolas ajudam futuros profissionais de negócios a estruturar ambientes de trabalho com base em práticas de funcionários inclusivas.

Os gerentes participativos podem adotar essa abordagem para administrar um departamento ou equipe, pois isso se adapta ao seu estilo de liderança ou pode fazer parte de uma estrutura corporativa baseada em uma estrutura de gerenciamento participativo.

Como parte dos créditos de educação continuada, muitos profissionais de negócios podem participar de cursos e workshops que aprimorarão suas habilidades como gerentes participativos.

gestão participativa

Uma dinâmica empregador-empregado baseada na comunicação aberta e na tomada de decisões colaborativa pode gerar funcionários intrinsecamente motivados para ajudar em suas próprias carreiras, ao mesmo tempo em que promovem o sucesso dos negócios da empresa.

Como resultado, os empregadores que adotam uma abordagem de gestão participativa podem colher benefícios de negócios enquanto mantêm a satisfação dos funcionários.

A tomada de decisão participativa incute um sentimento de orgulho nos funcionários. Isso beneficia o empregado fazendo com que seu trabalho pareça mais recompensador e criando um sentimento de realização, e isso, por sua vez, beneficia a empresa como um todo, porque ajuda a promover o aumento da produtividade.

O sentimento de orgulho dos funcionários criado pela gestão participativa também beneficia a empresa, aumentando as taxas de retenção de funcionários.

Qualquer empresa estaria preocupada com as baixas taxas de retenção de funcionários, mas o envolvimento dos funcionários cria um ambiente positivo e um sentimento de orgulho no ambiente de trabalho que desencoraja os funcionários a deixar a empresa.

Outras considerações

Apesar dos benefícios da gestão participativa, é importante lembrar que nem todo tipo de estratégia de negócios, como a tomada de decisão participativa, é igualmente eficaz para todas as empresas ou funcionários.

Motivação e produtividade não são coisas que podem ser forçadas com sucesso nos funcionários. Ao contrário, eles devem ser encorajados e estimulados pela criação do ambiente correto.

A implementação da gestão participativa é apenas um exemplo de como criar um ambiente motivacional no trabalho.

Além disso, o gerenciamento participativo não se limita a simplesmente criar uma caixa de sugestões. Para que funcione de forma eficaz, os gerentes devem estar dispostos a abrir mão de algum controle para os funcionários. Embora isso exija muita confiança, as recompensas podem ser imensas.

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

Gestão Participativa | Mais Que Colaboradores, Parceiros!!
Qual pontuação você daria?


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.