Metas Smart: Como Traçar Metas Inteligentes e Alcançar Resultados Incríveis!


Antes de falar sobre Metas Smart, é importante notar a necessidade do planejamento empresarial em qualquer organização, pois este fator é, basicamente, a definição dos objetivos.

E, o estudo destes objetivos possibilitam uma melhor eficiência operacional, permitindo que alguns cenários possam ser previstos e, consequentemente, as ações se tornam mais lucrativas e com um resultado positivo.

E, é neste fator que utilizamos as Metas Smart, sistematizando a criação e administração de objetivos, resultando em cenários otimistas e satisfatórios.

 Metas Smart

O que são Metas SMART?

Os métodos de Metas Smart são ferramentas para definição de objetivos que estão presentes em todas as fases de um planejamento empresarial.

A palavra SMART é um acrônimo para as seguintes palavras: Specific, Measurable, Attainable, Relevant e TimeBound, onde, cada etapa destas metas são aplicadas de forma a estruturar os projetos e auxiliando no alcance dos objetivos.

As metas Smart são uma importante ferramenta para clarear, focar e motivar as empresas, organizações ou pessoas que estão tendo dificuldades na realização de seus objetivos, metas ou projetos.

Este método também pode ajudar na habilidade de alcançar estes objetivos através de encorajamentos para definição dos mesmos, visando um melhor entendimento do objetivo e como o mesmo poderá ser realizado e alcançado.

Além disso, as Metas Smart podem ser utilizadas por qualquer pessoa, já que, são simples e fáceis de se utilizarem a partir do fato que não é necessário o auxílio de qualquer especialista ou consultante da área.

Quantas vezes uma pessoa sonha com um objetivo ou projeto e, simplesmente, a deixa de lado por dizer a si mesma que não possui tempo ou dinheiro para realização deste?

É, a partir destes pensamentos negativos, que a utilização das ferramentas Smart são importantes e sua realização traz diversos benefícios na vida de quem os uso.

Ou seja, cria metas específicas, com até os mínimos detalhes especificados e, a partir da análise geral do objetivo, a real razão para que o projeto/objetivo não tenha dado certo, é porque ele foi realizado de forma vaga ou irrealista, criando uma expectativa maior do que uma sensação de realização ou o início de um planejamento para a realização do mesmo.

Porém, com as ferramentas Smart, pode-se iniciar a pensar de forma mais segura quanto ao projeto, ajustando uma visão mais clara e reavaliando todos os passos para este objetivo.

Então, a partir do momento que estes objetivos são vistos de forma diferente pelo seu desenvolvedor, os mesmo começam a ter pensamento positivos e, com isso, começam a observar seus arredores de forma diferente e a, também, visualizar uma forma e uma possível solução para os problemas que surgem ao pensarem em seus objetivos, começando pela primeira vez, através das Metas Smart, a visualizar a realização daquele objetivo tão desejado e que era, até então, tão distante.

Cada uma das palavras deste acrônimo é caracterizada como uma técnica e são indispensáveis no ciclo empresarial de qualquer organização. E, cada uma delas será conceituada e explicada.

S – Specific (Específico)

É a primeira regra das Metas Smart, conceituando que todas os objetivos e metas da empresa dever ser criados e analisados de forma clara a específica, não permitindo que haja uma diferente interpretação do objetivo, ou seja, a meta deve ser criada de forma minuciosamente detalhada, resultando em maiores chances de sucesso.

Com isso, uma pergunta importante para fazer neste determinado momento do processo é: Você sabe exatamente o que quer alcançar com todos os detalhes?

Os objetivos devem ser bem determinados, de forma clara e inequívoca. E, um objetivo específico tem mais chances de ser bem sucedido do que um objetivo geral. Por exemplo, um objetivo geral seria:

“Começar a fazer exercícios”. Porém, um objetivo específico está nos detalhes e seria: “Entrar em uma academia e fazer exercícios 3 vezes por semana”. Objetivando e simplificando o objetivo, de forma clara e firme.

M – Measurable (Mensurável)

O segundo passo das Metas Smart é a parte exata do objetivo, ou seja, toda meta necessariamente precisa ser traduzida em números para, no momento da análise, o objetivo seja sistematicamente interpretado de forma numérica.

Com isso, é necessário fazer a seguinte pergunta diante desde passo: É possível quantificar o processo para acompanhar o objetivo?

E, para saber quando a organização alcançará o objetivo, é preciso definir especificamente os critérios para medir o progresso diante da realização de cada meta para que se possa medir e acompanhar o andamento do processo.

Então, se a meta for analisada através de números, o método terá uma eficácia plena.

Ou seja, é necessário estabelecer dados concretos para medição do progresso destacado em cada etapa do objetivo onde, a partir do momento que se mede o progresso, acompanhando as etapas, alcançando os prazos, com a satisfação do estímulo a continuar o esforço necessário para alcançar o objetivo.

Definindo, a partir destes dados, acompanhando o progresso do alcance do objetivo de acordo com a análise dos dados e, principalmente, com fatos números e mensuráveis.

A – Attainable (Atingível)

O terceiro passo das Metas Smart é a caracterização de que os objetivos sejam atingíveis e realizáveis, juntamente com a razoabilidade para que as ideias pareçam reais, motivando a equipe através de uma organização diária.

Esta etapa também é conhecida como um “acordo comum” em que, deve-se lembrar, todo objetivo deve ser realizado em um acordo comum com os indivíduos envolvidos, além de representar um consenso entre eles, estando cientes das exigências, prejuízos e benefícios dentro do objetivo.

Deste modo, os objetivos devem ser atingíveis e, os melhores objetivos exigem que os envolvidos se modifiquem um pouco para alcança-lo porém, que não sejam impossíveis de se alcançar.

Portanto, é possível atingir a maioria dos objetivos quando são planejados com sabedoria e com, também, criação de prazos afim de permitir que essas etapas sejam executadas de forma correta e, também, de forma rápida.

Além disso, metas que se mostram distantes e sem o necessário planejamento para ser efetuadas, eventualmente, se tornam alcançáveis, não por conta da escolha destes objetivos mas, sim, por conta do crescimento e expansão da própria organização.

E, a partir do momento que os objetivos são traçados, a empresa ou organização constrói uma imagem digna de que estes objetivos tem a capacidade de serem traçados e realizados.

R – Relevant (Relevante) ou Realistic (Realista)

Este passo das Metas Smart mostra que, apesar de óbvio, uma meta deve ser relevante e realista, tanto para a empresa, quanto para os funcionários e pessoas envolvidas nestas metas.

E, para avaliar se uma meta é relevante e realista, analisa-se as características desta meta, ou seja, suas ideias e seus valores, juntamente com o engajamento da equipe no projeto e os possíveis prejuízos que podem ocorrer.

Com isso, também pode-se afirmar que, a maioria dos objetivos são realistas se realmente acreditados de que possam ser realizados.

Então, o objetivo deve ser analisado considerando todas as possibilidades e possíveis consequências durante e no final de sua implementação, porque, para ser um objetivo realista, deve haver a representação de um objetivo para qual os indivíduos envolvidos estejam dispostos a trabalhar, destacando a importância de que todos os objetivos devem representar um progresso substancial.

E, com dedicação e força de vontade, é possível realizar os projetos de acordo com a necessidade empresarial de cada local, buscando sempre os melhores resultados e a total realização dos objetivos e metas.

T – Timely/Time Bound (Temporizável)

A fase final das Metas Smart é representada pela análise temporal do objetivo, onde há uma definição de tempo para sua realização e para seu cumprimento.

E, a criação destas metas temporárias gera um cenário de urgência para o processo visando o sucesso, aumentando a motivação operacional. O estabelecimento de prazos pode gerar um resultado positivo e satisfatório para o local.

Caso o objetivo não possua um prazo, o projeto é visto como uma ação que não precisa de urgência para ser realizada, podendo ser considerada sem importância e, ser deixada para depois.

Os objetivos devem possuir um espaço de tempo definido claramente, incluindo uma data de início e uma data final.

Método SMART Planejamento

Para planejar um objetivo é muito mais do que simplesmente escrevê-lo em um papel ou anuncia-lo à equipe. Os objetivos precisam sem completados, focados e bem analisados.

Para isso, podem-se destacar 7 passos para que um objetivo seja elaborado, analisado e iniciado da forma correta e satisfatória e, com estes passos, o leitor pode se tornar um expert em desenvolvimento de objetivos e metas.

  1. Tenha certeza de que seu objetivo é algo que realmente

Para que o objetivo ocorre de maneira correta, é necessário que seja algo que a empresa, organização ou pessoa realmente precise e, não somente algo que parece ser bom no momento.

Quando o objetivo é traçado, é muito importante que o mesmo seja consistente com os valores e as visões da empresa, afim de ter um melhor resultado e uma implicação maior dentro da organização aplicada.

  1. Um objetivo não pode ser contraditório a nenhum outro objetivo.

Um objetivo não pode contradizer o outro, seja em aspecto financeiro ou qualquer outro, pois qualquer objetivo que se sobreponha sobre outro é considerado uma sabotagem ao seu próprio trabalho e, prejudicando o andamento de outros objetivos em que a empresa ou pessoa se empenharam para realizar.

Além disso, o pensamento contraditório também pode afetar o desenvolvimento do objetivo, buscando sempre a unificação dos objetivos para que todos resultam em algum benefício visando diferentes tipos de áreas da empresa, organização ou dos objetivos pessoais.

  1. Desenvolva objetivos em todos os aspectos da sua vida.

Elaborar objetivos em todas as áreas da sua vida pode resultar em uma vida mais balanceada ao iniciar a analisar e modificar certos aspectos fundamentais dos aspectos diários. A criação de objetivos em cada aspecto também pode ajudar a eliminar o pensamento contraditório discutido no tópico acima.

Alguns aspectos que podem ser ajustados e a criação de Metas Smart podem ser aplicadas: Família; Casa; Escola; Atividades Atléticas; Finanças; Carreira; Social; Mental; Saúde e, etc.

  1. Escreve seu objetivo em uma sentença positiva e, não, negativa.

Empenhe-se para o que quer, não pelo que você quer deixar para trás.

Parte do motivo que escrever e examinar os objetivos, é porque é necessário um conjunto de regras e instruções para que a mente esteja 100% focada no objetivo pois, a mente é uma ferramenta muito poderosa no alcance do objetivo, podendo determinar o certo do errado em todo processo, auxiliando na execução das instruções.

E, as instruções mais positivas, geram um resultado também positivo.

O pensamento positivo no dia-a-dia irá, também, auxiliar no crescimento e desenvolvimento do ser humano, não limitado somente a realização do objetivo mas melhorando todos os aspectos ao redor.

  1. Escreva o objetivo de forma completa.

A elaboração de um objetivo deve ser feita de forma completa e, não, abreviada. Ou seja, como exemplo, caso queira um objetivo de “Uma nova casa”, elabore-o de outra forma, como:

“Quero um espaço contemporâneo de 200m², com 2 quartos, 2 banheiros e, uma vista para as montanhas com 20 acres de terra”.

Novamente, este tipo de pensamento, é o tratamento do subconsciente pessoal com uma lista de instruções detalhadas para que o objetivo possa ser trabalhado de forma mais fácil e completa.

Quanto mais informações são dadas, mais claro fica o alcance do objetivo no final do projeto. Quando mais preciso o resultado, mais eficiente a mente humana pode trabalhar na realização do objetivo.

  1. Tenha certeza de que seu objetivo é grande o bastante.

Mire e busque grande, sonhe alto e, mesmo que não se consiga chegar ao patamar mais alto, tudo que fizer será mais um passo a caminho do objetivo, se tornando cada vez melhor na tarefa e, também, se tornando cada dia mais uma pessoa melhor e mais consciente dos objetivos e do caminho necessário para alcançá-lo.

  1. Escreva seus objetivos.

Este ponto pode ser considerado o mais importante do planejamento Smart.

Escrever os objetivos cria um mapa de instruções e caminhos no subconsciente da pessoa, pois só o movimento de escrever o objetivo em um papel, já é considerado como o início do progresso em ação mas, também, é extremamente importante que os objetivos sejam revisados constantemente.

Lembre-se, quanto mais focado estiver no objetivo, mais provável será de alcançá-lo.

Às vezes é necessário a revisão de um objetivo e a necessidade de alterá-lo. Porém, isto não deve ser considerado uma falha, mas sim considerado uma vitória pois foi possível ter uma realização para, depois, perceber algum aspecto que estava faltando para o desenvolvimento completo do objetivo.

Então, após o processo de passar o objetivo para o papel, é importante manter o novo foco somente a pessoas confiáveis e necessárias para o desenvolvimento do projeto, evitando compartilhá-la com outras pessoas de fora, pois uma atitude negativa dos amigos, família ou vizinhos podem prejudicar extremamente o andamento do negócio e, trazê-lo para baixo, desanimando do projeto.

É muito importante que os pensamentos sobre o projeto e seu andamento, sejam positivos, porque isto pode influenciar muito o desenvolvimento do objetivo.

Além disso, a revisão constante do objetivo é uma parte crucial do sucesso do objetivo e, este hábito deve ser realizado diariamente.

Ou seja, cada manhã quando acordar, leia a lista dos objetivos de uma forma positiva, visualize o objetivo de forma concluída, sinta os aspectos deste novo objetivo e da sua realização, sinta o momento que for concluída, sinta os cheiros desta nova aquisição, as novas sensações de se ter conseguido alcançar um projeto tão desejado, sinta o trabalho duro despejado durante todo este processo e sinta a sensação positiva destes objetivos.

Estes movimentos ajudam extremamente no andamento do projeto, visualizar um futuro positivo pode ajudar o desenvolvimento e na conclusão do mesmo.

E, com isso, repita este processo, também, todas as noites, para que então, depois de um tempo, este processo esteja marcado e gravado no subconsciente e na constante presença do desenvolvimento e a realização do projeto.

Este movimento irá, também, substituir qualquer tipo de pensamento negativo que possa ter sobre o objetivo e irá realinhá-lo com os pensamentos positivos que irão ajudar na realização destes objetivos.

E, durante o dia, ao chegar o momento de tomadas de decisões importantes, sempre pergunte-se: “esta decisão está me aproximando ou afastando do objetivo desejado”?

E, a partir deste momento, as decisões tomadas serão feitas de forma mais calculada, com pensamentos positivos que visam a realização e conclusão do objetivo para que haja um desenvolvimento necessário da empresa, organização ou pessoa que o desejou.

Checklist para Metas SMART

Metas Smart

Nesta seção, serão conceituadas diversas perguntas e afirmações que auxiliam no processo de análise e elaboração das Metas Smart, sendo que, cada uma das etapas Smart, possui sua diferente forma de projeção.

  • S – Specific (Específico)

Criado de forma clara, precisa, especifica e fácil de entender:

– Quem está envolvido?

– O que eu quero realizar?

– Localize um local;

– Determina um período de tempo;

– Identifique requisitos e possíveis problemas;

– Especifique razões, motivos e benefícios para o objetivo.

  • M – Measurable (Mensurável)

Meta com características possíveis de serem avaliadas para medir o progresso.

– Quanto será?

– Como será feito o acompanhamento?

– Quando o objetivo será concretizado?

– O que pode ser quantificado?

– Quais as características especificamente mensuráveis?

  • A – Attainable (Atingível)

Meta com característica de alcançável.

– Este objetivo é um desafio mas ainda pode ser considerado possível de se atingir?

– A empresa ou organização possui os devidos recursos (financeiros e humanos) para realização desta meta?

– Os serviços ou produtos disponibilizados são considerados bons o bastante para alcançar a meta?

– O cenário atual financeiro e econômico são suficientes para favorecerem a meta?

  • R – Relevant (Relevante) ou Realistic (Realista)

A meta é relevante para a realização da missão, visão e valores da empresa.

– O objetivo é realista e dentro da capacidade de ser alcançado?

– Há disposição para comprometimento como objetivo?

– O objetivo é relevante para a proposta das vidas envolvidas?

– Seu objetivo, juntamente com os outros atuais projetos, é compatível com os ideais da empresa/organização a longo prazo?

  • T – Timely/Time Bound (Temporizável)

Meta estabelecida através de um prazo temporal.

– Qual a data inicial?

– Qual a data final?

– O tempo é muito curto, tornando a meta impossível?

– O tempo é muito longo, arriscando a perda de foco?

Portanto, nota-se a importância da criação e análise destas metas e, através das orientações desta checklist, é possível estabelecer um projeto com boas Metas Smart e, resultar em um sucesso através do planejamento organizacional da empresa.

Exemplo de Metas SMART

Abaixo serão descritos alguns exemplos de como as Metas Smart podem ser aplicadas e, como são importantes para o processo de crescimento de uma empresa ou organização.

  • Objetivo comun:

“Eu quero ter muito dinheiro”.

  • Metas Smart:

“Eu quero fazer um milhão em 10 anos, começando um negócio online em que o produto consiste na venda de produtos pessoalmente desenvolvidos ao redor do mundo e, providenciando consultas de ensinamentos de vida e conduzindo seminários presencialmente”.

  • Objetivo comum:

“Eu quero perder peso”.

  • Metas Smart:

“Eu quero perder 10 quilos até 15 de Abril. Eu vou realizar meia hora de exercícios aeróbicos e, mais meia hora de exercícios de musculação, 5 vezes por semana. Além disso, só vou comer carboidratos 3 vezes por semana”.

  • Objetivo comum:

“Eu quero escrever um livro”.

  • Metas Smart:

“Eu quero escrever um livro sobre ‘Como buscar ganhos financeiros em 1 semana’ que irá durar 150 páginas e tê-lo concluído até 30 de Junho. Eu vou escrever até 4 páginas todos os dias da semana até que eu complete o livro”.

A partir disto, pode-se observar a importância das Metas Smart dentro de um processo de crescimento, tanto pessoal, quanto profissional.

E, a partir da definição das Metas Smart, é preciso elaborar e analisar um plano de ação sobre como será o processo para alcançar este objetivo. A seguir, é chegado o momento de realizar as ações em vista dos objetivos, concretizando as etapas do processo através de trabalho e dedicação.

Portanto, a ferramenta de ajuda vem sendo supreendentemente bem sucedida para as empresas dos diversos ramos, garantindo uma maior produtividade e uma melhor gestão de negócios.

Nós da Software Avaliação, já ajudamos mais de 200 líderes e gestores em empresas no Brasil e no exterior e podemos ajudar você também a escolher e aplicar o melhor formulário de avaliação de desempenho na sua empresa e alcançar resultados magníficos.

Clique no link abaixo para uma breve apresentação do Software Avaliação, e saiba como nossas ferramentas podem ajudar você a liderar sua equipe a alcançar suas metas e objetivos.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

Metas Smart: Como Traçar Metas Inteligentes e Alcançar Resultados Incríveis!
4.87 (97.33%) 30 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!