O impacto da falta de engajamento na sua empresa4 min read


Saiba como motivar seus colaboradores e, dessa forma, diminuir os prejuízos de sua empresa

produtividade-no-trabalho

Qualquer empresa deveria contar com 100% da força de trabalho de cada colaborador, mas a falta de engajamento faz com que ele empregue somente parte de sua capacidade produtiva. E o prejuízo causado pelo desengajamento é imenso, tanto para as empresas quanto para o país.

De acordo com uma pesquisa da Gallup, realizada entre 2004 e 2005, 70% dos trabalhadores nos Estados Unidos, ou seja, sete a cada dez pessoas se sentem completamente desengajados. Além destes, que relatam completo desengajamento, diversos outros afirmam que estão um pouco ou levemente descomprometidos.

De acordo com os resultados, para uma empresa com 200 colaboradores, 140 deles estão desengajados, resultando em um custo total de mais de 300 mil dólares por ano.

A mesma pesquisa estimou em R$ 77 bilhões o prejuízo que a falta de engajamento causa à economia brasileira. Apenas 22% dos trabalhadores do país estariam engajados no período, 61% estariam desengajados e outros 17% estariam ativamente desengajados, isto é, jogam contra o próprio time.

Vamos ver aluns motivos para essa desmotivação por parte dos colaboradores:

Lideranças problemáticas

turnover

Ainda é comum que os líderes não saiam da zona de conforto para descobrir o que leva as pessoas a terem esse comportamento.

Muitas vezes, é a própria liderança a causa do desengajamento, fazendo com que os colaboradores não se demitam da empresa, mas sim do gestor.

Certamente, companhias com uma liderança sem competência para exercer tal função estão perdendo seus talentos e têm, além de produtividade abaixo de sua capacidade, alta rotatividade.

Por isso, o líder precisa estar treinado para saber como extrair o melhor de cada colaborador, as melhores formas de promover um ambiente onde seja possível ter perspectivas de desenvolvimento e crescimento profissional e criar políticas de reconhecimento pelo bom trabalho realizado.

Quando a empresa cresce e esquece o colaborador

objetivos

Muitos líderes empresariais inflam suas empresas e ignoram o aperfeiçoamento da base. A falta de engajamento, por exemplo, pode se dar pelo não estabelecimento de missão, visão e valores, algo que algumas empresas ainda esquecem de fazer.

Como o colaborador poderia ficar engajado com um propósito que desconhece, quando não se sabe para onde vai a empresa e nem o que se espera do dele, não é mesmo? E esta é uma questão muito simples, mas deixada de lado devido à ideia de que todo colaborador satisfeito está comprometido. Isso não é verdade.

Por meio de avaliações de desempenho, é possível medir o contentamento do colaborador em relação a aspectos como cultura, realidade da organização, políticas de RH, gestão, comunicação, reconhecimento e relacionamento com as pessoas, entre outros. Ou seja, o engajamento é resultado não somente da satisfação, mas de uma série de outros fatores.

Avaliação de desempenho

avaliacao-desempenho-modelo

Examinar a performance individual é uma boa maneira de resolver os problemas pendentes com os colaboradores. Ela é extremamente necessária porque equilibra tanto as necessidades da organização quanto as do colaborador, e precisa ser feita regularmente (uma vez a cada quatro meses, por exemplo) e não apenas uma vez ao ano.

Nesse processo, questionam-se atributos positivos, aprimoramentos realizados e traçam-se objetivos para a próxima avaliação.

Atrela-se a isso a aplicação de treinamentos, bonificações, aumentos e plano de carreira, e assim o colaborador tem sempre um motivo para fazer o seu melhor.

Através de um formulário, o gestor ou RH discute questões com o colaborador, como:

  • Ele acredita que sua área seja importante para a empresa?
  • Ele compreende sua função, tem confiança nas suas competências para realizá-las e consegue visualizar como seu trabalho se relaciona ao dos outros?
  • Ele acredita ter autonomia para realizar seu trabalho?
  • Seus erros são tratados como oportunidade de aprendizado?
  • Ele sente que é ouvido quando sugere mudanças ou inovações?
  • Existe um bom nível de confiança e respeito em sua área?
  • É reconhecido pelas suas contribuições?
  • Ele acredita que o seu líder é comprometido com os resultados e acessível à equipe de trabalho?
  • O líder se preocupa em estimular o desenvolvimento profissional do colaborador?

Em geral, esse processo ainda é muito aplicado com o uso de folhas e planilhas, o que pode atrasar a obtenção e a análise dos resultados. Por conta disso, diversas empresas já vêm adotando ferramentas online, como o Software Avaliação.

Usando uma interface simples e intuitiva, o sistema traz uma análise completa de cada colaborador e também um panorama geral do clima da sua empresa.

Mas lembre-se: antes de medir o nível de engajamento dos seus colaboradores, planeje o que irá fazer com as informações coletadas e qual será a estratégia da empresa para reverter a falta de compromisso e envolvimento das pessoas. É a partir daí que começa a mudança.

~>>Experimente gratuitamente o Software Avaliação <<~~

O impacto da falta de engajamento na sua empresa4 min read
4.4 (88%) 5 votes


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.