O Que É Liderança | Você Pode Aprender A Ser Um Bom Líder?15 min read


Uma definição simples sobre o que é liderança pode-se dizer que é a arte de motivar um grupo de pessoas a agir no sentido de alcançar um objetivo comum.

Em um ambiente de negócios, isso pode significar direcionar colaboradores e colegas com uma estratégia para atender às necessidades da empresa.

Essa definição de liderança captura o essencial de poder inspirar os outros e estar preparado para isso. Liderança efetiva é baseada em ideias, originais ou emprestadas, mas não acontecerá a menos que essas ideias possam ser comunicadas aos outros de uma maneira que os envolva o suficiente para agir como o líder deseja.

Colocar ainda mais simplesmente, o líder é a inspiração e diretor da ação. Ele é a pessoa do grupo que possui a combinação de personalidade e habilidades de liderança que faz com que os outros queiram seguir na direção que ele indicar.

Nos negócios, a liderança está ligada ao desempenho e qualquer definição precisa levar isso em conta. Embora não seja apenas sobre lucro, aqueles que são vistos como líderes efetivos são aqueles que aumentam os resultados financeiros de suas empresas.

Se uma pessoa em uma função de liderança não atender às expectativas de lucro estabelecidas pelos conselhos, pela alta administração ou pelos acionistas, ela não permanecerá no cargo por muito tempo.

A liderança requer características que se estendam além dos deveres gerenciais. Para ser eficaz, um líder certamente tem que gerenciar os recursos à sua disposição.

Mas a liderança também envolve comunicação, inspiração e supervisão, algumas das principais habilidades que um líder precisa ter para ser bem-sucedido.

o que é liderança

O que é Liderança, Afinal?

Uma pergunta tão simples e, no entanto, não igualmente simples de ser respondida. Vamos começar com o que liderança não é …

Liderança não tem nada a ver com senioridade ou posição na hierarquia de uma empresa. Muitos falam sobre a liderança de uma empresa referindo-se à maioria dos executivos seniores da organização.

Eles são apenas isso, altos executivos. A liderança não acontece automaticamente quando você alcança uma determinada faixa salarial.

Entender o que é liderança é perceber que não tem nada a ver com títulos. Semelhante ao ponto acima, só porque você tem um título de nível superior, não faz de você um líder automaticamente.

Você não precisa de um título para liderar. Na verdade, você pode ser um líder entre seus amigos, em sua vizinhança, em sua família, tudo sem ter um título.

Liderança não tem nada a ver com atributos pessoais. Diga a palavra líder e a maioria das pessoas pensa em um indivíduo carismático dominador e responsável.

Muitas vezes pensamos em ícones da história. Mas liderança não é um adjetivo. Nós não precisamos de traços carismáticos extrovertidos para praticar a liderança. E aqueles com carisma não lideram automaticamente.

Líderes: Nascidos ou Feitos?

Embora existam pessoas que parecem ser naturalmente dotadas de mais habilidades de liderança do que outras, as pessoas podem aprender a se tornar líderes melhorando habilidades específicas.

A história está cheia de pessoas que, apesar de não terem experiência anterior em liderança, se colocaram em evidência em situações de crise e persuadiram outras pessoas a seguir o curso sugerido de ação. Eles possuíam traços e qualidades que os ajudaram a assumir papéis de liderança.

Como a maioria das coisas, a capacidade de liderança cai ao longo de uma curva de sino. Portanto, o fato é que a maioria das pessoas que começam com um pouco de capacidade de liderança inata pode realmente se tornar muito boa, até mesmo grandes líderes.

Liderança Não é Gestão

Este é o grande problema. Liderança e gerenciamento não são sinônimos. Você tem 15 pessoas na sua linha descendente. É esperado que você seja um bom gerente. Boa gestão é necessária.

Os gerentes precisam planejar, medir, monitorar, coordenar, resolver, contratar, demitir e tantas outras coisas. Normalmente, os gerentes gerenciam as coisas. Líderes lideram pessoas.

Então, novamente, o que é liderança?

Vejamos como alguns dos pensadores de negócios mais respeitados do nosso tempo definem liderança e vamos considerar o que há de errado com suas definições.

  • Peter Drucker: “A única definição de líder é alguém que tenha seguidores”.

Mesmo? Essa instância é tão simplista a ponto de ser perigosa. Um novo capitão do exército é colocado no comando de 200 soldados.

Ele nunca sai de sua sala ou pronuncia uma palavra para os homens e mulheres de sua unidade. Talvez as ordens de rotina sejam dadas por meio de um subordinado.

Por padrão, suas tropas precisam seguir as ordens. O capitão é realmente um líder? Comandante sim, líder não. Drucker é, obviamente, um pensador brilhante dos negócios modernos, mas sua definição de líder é simples demais.

  • Warren Bennis: “A liderança é a capacidade de transformar a visão em realidade”
  • Bill Gates: “Ao olharmos para o próximo século, os líderes serão aqueles que capacitarão os outros”.

Esta definição inclui “outros” e o empoderamento é uma coisa boa. Mas para que fim? A definição de Gates não tem as partes sobre meta ou visão.

  • John Maxwell: “Liderança é influência – nada mais, nada menos.”

Um gerente tem o poder de demitir membros da equipe, o que proporciona muita influência. Mas essa influência faz de um gerente um líder? A definição de Maxwell omite a fonte de influência.

Então, o que é Liderança?

Liderança é um processo de influência social, que maximiza os esforços dos outros, para o alcance de um objetivo.

Observe os principais elementos desta definição:

  • A liderança origina-se da influência social, não da autoridade ou poder;
  • A liderança requer outros, e isso implica que eles não precisam ser subordinados diretos;
  • Nenhuma menção a traços de personalidade, atributos ou até mesmo um título. Existem muitos estilos, muitos caminhos, para uma liderança eficaz;
  • Inclui um objetivo, não uma influência sem resultado pretendido.

Por fim, o que torna essa definição tão diferente de muitas das definições acadêmicas existentes é a inclusão de maximizar os esforços.

As bases para ser um bom líder são: manter-se atualizado sobre o que há de mais avançado no campo em que o trabalho é desenvolvido, observar o trabalho de outros líderes e modificar o modo de trabalho sempre que necessário.

Por outro lado, as qualidades que devem ter alguém que exerce liderança são: conhecimento, confiança, integridade e, claro, carisma para inspirar seus subordinados.

Na busca do entendimento sobre o que é liderança, temos que os melhores líderes são aqueles que são visionários, capazes de compreender as situações produtivas da empresa antes que surjam, sejam inovadores e sejam a favor de mudanças.

Estilos de Liderança – Qual é o Seu Estilo?

Líderes eficazes têm um estilo ou uma combinação de vários estilos que os tornam bem sucedidos em orientar e inspirar os colaboradores.

Uma liderança de sucesso é capaz de estimular a criatividade e a produtividade, ao mesmo tempo em que aprimoram os resultados de um negócio.

Ser um líder eficaz nem sempre se correlaciona com ser uma pessoa bem quisto, no entanto. Alguns líderes são amados por seus colaboradores, enquanto outros não são altamente considerados em um nível pessoal, mas permanecem grandes em mover o negócio em uma direção positiva através de estilos de liderança distintos.

Muitos líderes são ineficazes e usam estilos de liderança que não se relacionam bem com a empresa ou com as pessoas que estão tentando liderar.

Os estilos de liderança geralmente se correlacionam de perto com o tipo de personalidade. Influência de mentores anteriores também influenciarão a habilidade e o estilo de uma pessoa para guiar e dirigir um grupo de indivíduos.

Alguns líderes têm um estilo próprio que não se encaixa bem em um tipo específico de personalidade. Rotular os estilos de liderança é uma prática geral, mas cada líder terá uma orientação detalhada na abordagem para gerenciar, inspirar e impulsionar os resultados dentro de sua organização.

o que é liderança

O que é Liderança Eficaz?

A liderança é definida pelos resultados alcançados sob a pessoa específica responsável. O líder é encarregado do desafio de reunir e moldar indivíduos em grupos coesos capazes de atingir um objetivo comum.

Eles trazem o melhor dos indivíduos e do grupo coletivamente, enquanto também conduzem um nível mais alto de desempenho do que normalmente seria alcançado.

Líderes eficazes impulsionam a inovação e incentivam seus colaboradores a pensar de maneira estratégica e criativa, ao mesmo tempo em que buscam novos limites.

No mundo dos negócios, um líder eficaz aumenta os lucros e, em última análise, aumenta o valor e a lucratividade dos negócios como um todo.

Dito isso, nem todos os líderes são eficazes. Um CEO, chefe ou um indivíduo encarregado da liderança é capaz de fracassar, mesmo quando possui apenas uma das qualidades de liderança acima.

Essa pode ser uma situação em que as circunstâncias e a má sorte inibem o desempenho. Um crash do mercado ou outro elemento fora do controle do líder pode sufocar os resultados.

O líder pode falhar, porque ele não é qualificado ou porque ele faz um trabalho ruim de selecionar e motivar aqueles ao seu redor para atingir seus objetivos. Os métodos usados para atingir esses objetivos variam significativamente.

Liderança Autocrática

Esse estilo agressivo de liderança é baseado no controle. O autocrata raramente é bem visto e um líder autocrático usa um estilo militante.

O autocrata dá ordens e espera execução imediata, com pouco ou nenhum feedback ou entrada do colaborador. Esse estilo de liderança pode funcionar em um ambiente de tipo de produção que exige um resultado máximo em funções de trabalho simples e repetitivas.

Alta rotatividade e baixa satisfação são esperadas, em resposta a esse estilo de liderança. No entanto, há momentos em que a liderança autocrática é eficaz. As forças armadas são um excelente exemplo.

Cada indivíduo é incentivado a atuar sob um líder rigoroso e autocrático, porque seus cargos têm consequências de vida ou morte. Desempenhar-se bem nas forças armadas sob esse estilo de liderança também garante promoções a cargos mais altos no ranking.

Liderança Laissez-Faire

O completo oposto da liderança autocrática é o Laissez-Faire, que é entendido como fazer o que você quiser ou escolher. O estilo tem alguns benefícios importantes em ambientes criativos, mas também carece de disciplina e estrutura que geralmente são necessárias em um ambiente de negócios.

Outra desvantagem do estilo Laissez-Faire é a abordagem não estruturada da aprendizagem. Depende fortemente de talento, experiência existente e criatividade para gerar resultados.

Se prazos rígidos, produção e lucros finais não são necessariamente um fator importante, o Laissez-Faire é uma abordagem descontraída e fácil para administrar uma loja, por exemplo.

Também pode funcionar quando o colaborador tem um motivo para ir além. Por exemplo, uma função de vendas baseada em comissão é estruturada para recompensar o desempenho.

Usando um estilo de liderança Laissez-Faire, possibilita que ele encontre meios criativos para atingir uma taxa de vendas mais alta.

Um estilo de liderança mais controlador que usa processos comprovados é típico em uma função de venda, mas aumentar a liberdade de explorar estratégias criativas impulsiona a inovação e pode gerar resultados importantes.

Liderança Transformadora

Ao comparar tipos de liderança que se saem muito bem no mundo dos negócios, este estilo realmente brilha, como uma abordagem eficaz em todos os aspectos.

Ele incentiva os colaboradores a pensar criticamente e os líderes costumam ser inspiradores. Esses líderes têm uma visão ampla e são carismáticos e motivadores.

A grande abordagem, no entanto, não cobre os detalhes do dia a dia. Um líder transformador exigirá gestores dedicados que tenham uma abordagem mais detalhada, para garantir que as tarefas administrativas e os processos diários estejam em vigor.

O líder transformador é comum nos grandes negócios, onde o CEO é um visionário com um grande público receptivo ao pensamento inovador. O setor de tecnologia é atraente para essas personalidades, mas elas existem em todo o espectro de negócios.

Estilo de Liderança Participativo e Prático

Neste modelo é levado em conta a opinião dos colaboradores durante o processo de tomada de decisão. Isso traz todas as melhores ideias para a mesa e coloca o líder em um tipo de função de colega de trabalho que é frequentemente respeitado pelos seus liderados.

Embora seja uma abordagem de liderança muito eficaz, isso não acontece rapidamente. Às vezes, é necessário um processo ágil de tomada de decisão para avançar.

Em última análise, a decisão é provavelmente completa e bem ponderada, mas não necessariamente oportuna. Se decisões de frações de segundo não são críticas, esse estilo de liderança funciona bem no mundo dos negócios.

Pode não funcionar para um corretor de ações comprando e vendendo no pregão da bolsa de valores, mas atende a muitos modelos de negócios também.

Liderança Transacional

Este é um estilo de liderança simples, com foco no trabalho, recompensa e processos que impulsionam resultados consistentes.

Enquanto os líderes transacionais tendem a não ter o hype e o carisma encontrados na liderança transformativa, eles são muito orientados para resultados, o que é ótimo para os negócios.

O estilo não é rígido, como é um tipo de liderança autocrático, mas pune o mau desempenho. Por outro lado, um líder transacional fornece incentivo para um desempenho positivo.

Em muitos casos, um melhor desempenho significa mais dinheiro através de estruturas de bônus e comissões. O incentivo financeiro é suficiente para motivar muitos colaboradores a adquirirem hábitos produtivos de trabalho.

Além de utilizar um sistema de recompensas, o líder transacional está focado em processos comprovados que produzem resultados consistentes.

o que é liderança

Outros Estilos de Liderança

Existem muitos estilos de liderança, e um líder realmente eficaz é adaptável e capaz de executar vários estilos de uma maneira que melhor se adapte à sua situação atual.

Um estilo de liderança comum é o líder carismático. Essa pessoa é semelhante ao líder transformador na forma como ela inspira, tem uma visão geral e motiva as pessoas. É um papel de grande personalidade, mas não é um estilo orientado para detalhes.

Outro é o líder burocrático, que está sujeito a diretrizes e regulamentos rigorosos. Esse é um dos tipos mais difíceis de estilos de liderança, porque o indivíduo deve motivar e direcionar os resultados sob um conjunto estrito de regulamentações.

Eles são severamente limitados em sua capacidade de realizar de uma maneira inspiradora ou criativa. Em um ambiente burocrático, as recompensas transacionais são inexistentes, fora das possibilidades de promoção.

As punições de um estilo de líder transacional ou autocrático são mais difíceis de aplicar, porque os colaboradores normalmente têm camadas de proteção através de sindicatos e outras organizações de direitos legais.

Um líder situacional é raro e pode mudar todo o curso de uma empresa, através de seu exclusivo conjunto de habilidades de liderança. Este conjunto de habilidades vem naturalmente para alguns líderes, mas requer anos de prática para outros.

O líder situacional pode lançar mão de um arsenal de estilos para alcançar um resultado desejado. Se os colaboradores estão falhando, atrasando-se ou não estão produzindo, o líder situacional pode adicionar um nível temporário de estilo autocrático para mostrar que ele não irá tolerar este tipo de comportamento.

O mesmo líder pode usar um estilo participativo para incentivar a colaboração e a solução de problemas, incluindo os colaboradores.

Se uma decisão em frações de segundo for necessária, o líder ignorará o processo participativo e tomará uma decisão, com base em seu conhecimento e instintos existentes.

Quando a produtividade diminui e a empresa se beneficia de um impulso, ela pode mudar para uma função transacional e fornecer incentivos de desempenho.

Por fim, o líder situacional comunicará uma visão mais ampla a seus funcionários, inspirando-os a alcançar novas metas e objetivos.

Este modelo de liderança utiliza outras funções para gerenciar tarefas diárias, manter todos no ritmo e trabalhar com os detalhes, mas manterá essa grande visão e o motivo inspirador da mente de seus colaboradores.

[/su_list]

Clique no link abaixo e conheça a ferramenta que irá transformar os resultados dos seus colaboradores.

>> Clique Aqui e conheça o Software Avaliação Gratuitamente <<

 

O Que É Liderança | Você Pode Aprender A Ser Um Bom Líder?15 min read
Qual pontuação você daria?


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.