Gestão De Carreira | Você No Controle De Sua Vida Profissional


Gestão de carreira é sobre auto-avaliação, pesquisa e planejamento estruturado, realização e avaliação da sua jornada pela vida, seu aprendizado e trabalho. Sua carreira não é da responsabilidade de ninguém além da sua. Se você quiser ter sucesso, você precisa ativamente gerenciá-la.

A gestão de carreira é um planejamento consciente das atividades e engajamentos de uma pessoa nos cargos que assume ao longo de sua vida para melhor realização, crescimento e estabilidade financeira. É um processo sequencial que parte de uma compreensão de si mesmo e engloba a consciência ocupacional.

A carreira de um indivíduo é a única fonte de sua expressão natural. Uma escola de pensamento descreve o trabalho como o propósito da vida e a fonte de sua expressão e o propósito de ser ou existir.

No entanto, outros acreditam que há uma grande diferença entre a carreira de um indivíduo e sua vida. Em qualquer caso, a carreira é um componente integral da vida e, portanto, a grande necessidade de sua gestão.

A gestão de carreira é mais ou menos como a gestão organizacional. Afinal, uma organização não é senão uma variedade de indivíduos! O processo de gestão de carreira começa com a formulação de metas e objetivos que são de curto prazo ou que devem ser alcançados no curto prazo.

gestão de carreira

Estágios da Gestão de Carreira

Para realizar uma boa gestão, existem alguns estágios que devem ser atingidos. Aqui estão os principais:

  • Auto-Avaliação

Em primeiro lugar, você precisa saber em que você é bom e em que você não é. O que você gosta e o que você não gosta. Portanto, considere papéis anteriores, converse com colegas, amigos e familiares sobre seus pontos fortes e fracos e confira alguns testes on-line de psicometria, personalidade e preferência.

Exemplo: Você percebe que é muito bom em coordenar os outros e ajudá-los a trabalhar em equipe.

  • Pesquisa

Descubra no que você está interessado e o que você precisa para ser melhor. Leia artigos, sites de empresas e blogs, revistas do setor, fale com amigos e colegas em outras empresas, departamentos ou funções ou fale com um coach de carreira. Veja descrições de cargos para ver o tipo de habilidades que estão em demanda no momento.

Exemplo: você gostaria de ser um gerente. Você precisa de uma sólida experiência liderando um projeto com uma pequena equipe.

  • Planejamento

Depois de decidir para onde está indo e o que você precisa aprender, é possível planejar metas de prazo mais longo e definir objetivos. Certifique-se de que suas metas e objetivos sejam inteligentes – Específicos, Mensuráveis, Alcançáveis, Relevantes e vinculados a um período de tempo. Um plano de carreira é o melhor lugar para guardar todas essas informações.

Exemplo: você falará com seu gerente sobre oportunidades de liderar. Você lerá um livro de administração e artigos sobre administração. Você vai realizar algum curso.

  • Ação

Toda a pesquisa e planejamento no mundo não valem nada se você não realizar nenhuma ação. Então, certifique-se de fazer o que você planejou fazer.

Exemplo: Você fez uma boa quantidade de leitura. Você discutiu um trabalho com seu gerente que inclui liderar uma pequena equipe. Então realize essa experiência.

  • Avaliação

Como está a sua jornada  em relação ao seu plano? Você está no caminho certo ou suas metas precisam ser ajustadas? Seus objetivos são realistas? Eles são relevantes? Não tenha medo de fazer uma mudanças.

Exemplo: você aprovou na experiência de liderar uma equipe. Você decide encontrar um mentor para ajudá-lo a se tornar um bom gerente. Você decide que participar de um curso nesse estágio não seria benéfico e, portanto, removeria esse item do seu plano.

A gestão de carreira, por sua própria natureza, não é uma coisa única: é uma avaliação contínua da situação atual, do progresso, conhecimento e direção. Não deve ser um exercício banal. Deve ser algo que você tenha orgulho de possuir e desenvolver. É, afinal de contas, sua vida, sua jornada.

Gestão de Carreira Afeta o Engajamento

Por mais de duas décadas, pesquisas mostraram inequivocamente que um maior engajamento dos funcionários leva ao aumento da produtividade.

Até é sabido o que aumenta o engajamento dos funcionários: o relacionamento dos funcionários com seus gerentes, clareza de trabalho, recursos suficientes e um ambiente de trabalho de apoio.

Então, por que as pontuações de engajamento nunca parecem alcançar o nível esperado? Por que, apesar de todas as iniciativas em vigor, há uma lacuna nas expectativas entre os funcionários e a organização?

Pesquisas sobre gestão de carreira destacam duas razões:

  • As organizações não têm clareza sobre por que o desenvolvimento profissional é importante. Em termos de aumentar o grau de conexão, comprometimento e engajamento dos funcionários com suas organizações, muitas práticas de desenvolvimento organizacional são aleatórias, esporádicas ou focadas mais no desempenho individual e na aprendizagem do que na carreira propriamente dita.
  • O rápido aumento da incerteza no mercado de trabalho deixou as pessoas mais voltadas em garantir sua segurança no emprego do que dar sentido a sua carreira no futuro.

Desenvolvimento de Carreira e Senso de Identidade

Apesar dos aparentes benefícios dos programas de desenvolvimento de carreira para aumentar o senso de certeza e engajamento dos funcionários, a gestão de carreira de muitas organizações ou as estratégias de desenvolvimento de pessoas se concentram exclusiva ou principalmente na adequação das habilidades dos funcionários às necessidades ou tarefas da organização.

Uma estratégia de pessoas que combina essa abordagem com práticas de desenvolvimento de carreira estruturadas posicionará melhor as organizações para conquistar os corações, as mentes e o esforço discricionário de seus funcionários, além de suas habilidades e capacidades.

O trabalho é uma parte importante da identidade de uma pessoa. Muitas vezes nos descrevemos como engenheiro, enfermeiro, gerente. Isso é chamado de “identificação ocupacional” e é particularmente importante para aqueles em profissões claramente definidas.

Um senso de identidade igualmente importante vem da nossa identificação organizacional, isto é, do senso de pertencer a uma determinada organização.

Quando nos sentimos parte de algo maior do que nós mesmos, aumentamos nossa cooperação, esforço, participação e tomada de decisão organizacionalmente benéfica.

Da mesma forma, nossa motivação intrínseca, desempenho de tarefas, compartilhamento de informações e comprometimento aumentam, pois sabemos que estamos em uma organização que valoriza e apoia nosso desenvolvimento profissional.

Dicas para Gerenciamento Estratégico de Carreira

Ter sucesso em um ambiente de trabalho exigente e em mudança exige um plano estratégico de gerenciamento de carreira. Os empregadores querem atrair, contratar e reter funcionários que oferecem o melhor valor. Então, considere-se um negócio com um produto para vender e crie uma estratégia para comercializar seu valor no local de trabalho.

De acordo com pesquisas, trabalho e carreiras sugerem as seguintes estratégias de gestão de carreira:

  • Envolva proativamente seu gerente em uma discussão sobre suas metas de carreira e colabore para criar um plano de desenvolvimento de carreira. A oportunidade mais significativa para exercer influência é envolver seu gerente no processo.
  • Investigar os requisitos de habilidades de curto e longo prazo. Se o seu objetivo é se tornar o Vice-Presidente de Recursos Humanos, por exemplo, compreenda os requisitos de educação, habilidades, tecnologia e experiência e desenvolva planos de carreira provisórios para alcançar seu objetivo de longo prazo.
  • Para aumentar seu conhecimento sobre opções de carreira, solicite reuniões informativas individuais com colegas e gerentes. O objetivo dessas reuniões é coletar informações para ajudá-lo a tomar decisões educacionais. As pessoas geralmente estão dispostas a compartilhar suas histórias de sucesso e conselhos.
  • Seja voluntário para concluir projetos e tarefas desafiadoras. Uma das melhores maneiras de progredir na carreira é identificar um problema organizacional e propor uma solução. Ao oferecer a implementação da solução, você não apenas aumentará sua visibilidade como um solucionador de problemas na empresa, mas também pode expandir suas habilidades no processo.
  • Consulte o departamento de Recursos Humanos para aprender sobre desenvolvimento de carreira e oportunidades de emprego como reembolso de matrícula ou certificação universitária, cursos de treinamento técnico ou profissional internos e disponibilidade de vagas de emprego. Aproveite as oportunidades disponíveis. Mantenha seu ímpeto e comprometa-se a construção e melhoria contínua de habilidades. Ao planejar sua estratégia de carreira, você está aumentando suas chances de permanecer empregável e alcançar seus objetivos de carreira de longo prazo. “

Cada um de nós tem um certo número de anos para investir em trabalho e ganhar a vida. Ter um emprego é bom, mas criar uma carreira maximizará suas oportunidades de sucesso.

Ter uma carreira de sucesso requer que você busque estratégias de gestão de carreira como essas. Uma carreira de sucesso não acontece sem pensar. Ela precisa de planejamento, acompanhamento e revisão frequente.

gestão de carreira

Habilidades De Gestão de Carreira

Cinquenta anos atrás, a maioria das pessoas esperava deixar a escola ou a universidade, entrar para uma empresa e ficar lá durante a maior parte de sua vida profissional.

Agora, no entanto, a vida profissional é muito mais flexível e poucos esperam ter um “emprego vitalício”. Ao mesmo tempo, cresceu o reconhecimento de que os indivíduos precisam fazer muito mais para administrar sua própria vida profissional e sua carreira.

Geralmente, as pessoas não precisam de muitas habilidades para crescer em uma única empresa. Fora dessa ideia, elas precisam de habilidades para criar uma carreira significativa e satisfatória para si próprias e planejar seu desenvolvimento pessoal e profissional, se tiverem um pensamento muito mais amplo e abrangente.

Estas pessoas são frequentemente conhecidas como aquelas que possuem habilidades de gestão de carreira.

Planejamento e Gestão de Carreira

Habilidades de gerenciamento de carreira são todas as habilidades necessárias para controlar e gerenciar sua jornada profissional. Elas incluem:

  • Planejar sua carreira e definir metas e objetivos;
  • Desenvolver uma estratégia para sua carreira;
  • Desenvolver um plano de ação para implementá-la, incluindo o desenvolvimento das habilidades necessárias para ter sucesso em sua carreira escolhida; e
  • Avaliar seu progresso em relação aos seus objetivos.

Esse processo de planejamento e gestão de carreira provavelmente será familiar para qualquer pessoa que tenha feito algum tipo de aprendizado formal, especialmente envolvendo um elemento de desenvolvimento pessoal. É um processo bastante normal, mas também é importante.

Você pode vagar pela vida e esperar aproveitar as oportunidades que lhe são oferecidas. No entanto, sem algum tipo de olhar focado em suas habilidades e particularmente as lacunas nelas, as oportunidades tendem a se tornar cada vez mais excassas. Além disso, você pode chegar a um ponto em que começa a pensar “Gostaria de poder fazer …”.

Na vida, você faz seu próprio destino, mas até certo ponto. Pensar em onde você quer estar – planejando, definindo metas e descobrindo como alcançá-las – permite que você aproveite mais oportunidades.

Desenvolvendo Habilidades Genéricas (transferíveis)

Há uma série de habilidades que provavelmente serão úteis em qualquer carreira, como boas habilidades de comunicação e outras interpessoais. Essas habilidades não são específicas do trabalho e tendem a ser sobre como nos relacionamos com outras pessoas ou com nossas qualidades pessoais.

Essas habilidades também são conhecidas como habilidades transferíveis ou habilidades de empregabilidade.

Se você não tem certeza de onde começar com o desenvolvimento de sua carreira, esse tipo de habilidade é provavelmente uma boa opção, já que você estará em boa posição independentemente do que escolher.

Essas habilidades também são as mais fáceis de adquirir em situações de trabalho externas (por exemplo, através de voluntariado) ou até mesmo através de interações sociais.

Habilidades Específicas para Carreiras

Diversas carreiras e áreas de trabalho exigem habilidades muito específicas. Por exemplo:

Profissionais como médicos, advogados e contadores têm que fazer exames profissionais, e podem estudar por muitos anos para desenvolver seus conhecimentos.

O trabalho prático, como encanamento ou instalação elétrica, pode exigir habilidades especializadas que só podem ser adquiridas através da prática, treinamento ou aprendizado.

Outras carreiras podem ser mais fáceis de acessar se você tiver algum tipo de treinamento profissional. Por exemplo, o gerenciamento de projetos pode ser feito sem uma qualificação, mas também pode ser mais fácil obter um emprego nessa área se você tiver uma qualificação. Sem uma qualificação, é necessário ter mais experiência para demonstrar que você pode fazer o trabalho.

Trabalhos específicos também podem precisar de habilidades específicas. Por exemplo, é consideravelmente mais fácil conseguir um emprego de marketing se você tiver conhecimento e experiência em marketing de mídia social.

Habilidades para conseguir um emprego

Por melhores que sejam as suas habilidades genéricas ou específicas do trabalho, você também precisa ser capaz de se candidatar e obter um emprego. As habilidades necessárias para isso incluem:

  • Escrever um currículo
  • Candidatar-se a um emprego
  • Escrever uma carta de apresentação
  • Escrever um perfil efetivo no LinkedIn
  • Habilidades de entrevista

A maneira como você se apresenta, por escrito ou pessoalmente, é vital para conseguir um emprego. Também pode afetar interações interpessoais em sua vida profissional, bem como fora do trabalho.

Portanto, vale a pena dedicar um tempo para considerar a impressão que você deseja transmitir e como suas roupas e atitudes fazem isso.

gestão de carreira

Planejar ou Não Planejar?

Não é essencial ter um plano rígido para cada último passo em sua carreira. Às vezes, os movimentos de carreira mais bem-sucedidos são aqueles que surgiram espontaneamente, de um encontro casual ou de uma conversa, talvez.

É importante ter flexibilidade suficiente para aproveitar essas oportunidades quando elas surgirem. No entanto, para permitir que você aproveite essas oportunidades, você precisa ter planejado o suficiente para ter as habilidades necessárias no lugar.

Portanto, é útil pensar antecipadamente, de tempos em tempos, sobre as oportunidades que você gostaria e quais habilidades seriam necessárias para chegar lá.

É claro que, à medida que você se desenvolve na carreira escolhida, também aprende mais sobre si mesmo e sobre o que gosta de fazer. Sua visão de suas oportunidades preferidas pode mudar e, portanto, suas necessidades de desenvolvimento também. A gestão de carreiras precisa, acima de tudo, ser relativamente flexível.

Automotivação

A automotivação é, na sua forma mais simples, a força que leva você a fazer as coisas.

A automotivação está longe de ser um tópico simples. Há muitos livros, páginas da Web e artigos que tentam explicar a motivação pessoal e alguns acadêmicos de alto nível dedicaram o trabalho de suas vidas à tentativa de compreender, modelar e desenvolver a teoria da motivação.

A automotivação é uma habilidade vital fundamental e algo que todos os interessados em desenvolvimento pessoal devem pensar cuidadosamente.

É também uma parte fundamental da inteligência emocional, uma das três áreas de habilidades pessoais que são parte integrante do conceito.

Então, o que motiva você?

Fundamental para a auto motivação é entender o que motiva você a fazer as coisas. Isso pode parecer simples, mas às vezes sua motivação está escondida de sua consciência – sua própria agenda oculta pessoal.

Sua motivação pode mudar de hora em hora, no dia a dia e pela vida. Quando isso acontece, suas necessidades, desejos e objetivos mudam e evoluem.

Existem dois tipos principais de motivação: motivação “intrínseca” e “extrínseca”.

Em sua forma mais simples, você pode pensar sobre esses dois tipos de motivação como:

  • Intrínseco = amor, porque nós queremos.
  • Extrínseco = dinheiro, porque precisamos.

Uma definição mais detalhada é:

  • Intrínseco: Para executar uma ação ou tarefa com base na satisfação esperada ou percebida de executar a ação ou tarefa. Motivadores intrínsecos incluem diversão, interesse e desafio pessoal.
  • Extrínsecos: Realizar uma ação ou tarefa para obter algum tipo de recompensa, incluindo dinheiro, reconhecimento, etc.

Por fim, é importante acompanhar o que você deseja alcançar e permanecer motivado para isso. Para manter seus níveis de motivação, tente:

Aprenda e Adquira Conhecimento

Leia, estude e converse com as pessoas – o conhecimento e a informação são fundamentais para alimentar sua mente e mantê-lo curioso e motivado.

Procure a companhia de pessoas entusiastas

Tente evitar pessoas negativas e procure pessoas positivas e bem motivadas. É muito mais fácil ser motivado se as pessoas ao seu redor também estiverem.

Mantenha-se positivo

Mantenha uma atitude positiva, veja problemas e retrocessos como oportunidades de aprendizagem.

Conheça seus pontos fortes e fracos

Trabalhe em suas fraquezas e desenvolva seus pontos fortes.

Faça

Tente não procrastinar. Avaliae os riscos, mas continue trabalhando para atingir seus objetivos.

Obtenha ajuda e ajude os outros

Não tenha medo de pedir ajuda a outros e não se reprima se puder ajudá-los.

O mundo do trabalho está mudando rapidamente. É aí que entram as habilidades de gestão de carreira. Elas ajudam você a entender a si mesmo e o mundo ao seu redor e a controlar sua carreira com todas as oportunidades em potencial.

 

Gestão De Carreira | Você No Controle De Sua Vida Profissional
Qual pontuação você daria?


E-book Grátis

Descubra os 10 passos infalíveis para uma Avaliação de Desempenho Perfeita.

Informe seu e-mail ao lado

100% livre de spam.